Sete décadas e um ano de conteúdo aprofundado e de qualidade

Publicação: 2021-03-24 00:00:00
Com o advento das mídias e do compartilhamento digital, a jornalismo profissional ganhou um desafio ainda maior para fazer com que a verdade dos fatos chegue até o leitor. A TRIBUNA é jornal impresso e também portal de notícias, que alimenta as redes sociais de diferentes plataformas, levando a informação a diferentes públicos de leitores. Contudo, para o leitor do impresso, essa informação precisa estar mais aprofundada.

O diretor de redação da Tribuna, jornalista Everton Dantas, frisou que este leitor é mais exigente porque ele não quer apenas a notícia factual e imediata. “Ele pede o contexto, o aprofundamento, quer entender o que muda e como aquela notícia vai implicar na vida, no futuro, no bolso, enfim. A TRIBUNA DO NORTE do Norte sempre ofereceu esse entendimento e mais que nunca reforça no impresso, contexto, profundidade, para que o leitor entenda e forme o senso crítico. Isso faz com que o impresso permaneça vivo”, pontuou.

Além disso, ele acrescenta que registrar os fatos locais é uma característica que tem se perdido nos jornais de outros estados e que a ausência de um jornal local implica no enfraquecimento da democracia e da cidadania porque, sem acesso aos assuntos que impactam diretamente na vida do cidadão, estes não se abastecem das informações que vão lhes afetar direta e imediatamente.

O desencontro de informações e a propagação de notícias falsas, as chamadas fakes news é um problema que cresceu com a popularidade das plataformas digitais e a cidade que pode contar com um jornal sério e profissional tem mais chances de evitar danos à coletividade em virtude da falta de informações corretas.

“A Tribuna dá o tom equilibrado de informar e mensurar a importância do fato para que o leitor tenha noção exata do que está acontecendo. O tempo todo a equipe tenta aprimorar essas atribuições porque vivemos numa crise de informação. Por isso o lema dos 71 anos é ‘você confia, você se informa’, o que demonstra que as pessoas recorrem à Tribuna porque confiam naquilo que publicamos”, enfatizou o diretor de redação, relembrando que a intenção do jornal, que completa 71 anos, não é conquistar acessos de forma irresponsável, mas, sim, informar ajudando o Rio Grande do Norte a compreender seus dilemas, problemas e apontar soluções.

Frequentemente, a pauta da imprensa norte-rio-grandense é baseada nas reportagens publicadas na Tribuna, algumas destas copiadas na íntegra por portais e blogs e páginas da internet. Nas casas legislativas, no Executivo e no Judiciário, também se repercute o que é publicado no jornal. “Isso prova a importância e a credibilidade do jornalismo que a Tribuna produz, mesmo com todas as dificuldades pelas quais o setor de imprensa vive atualmente”, conclui Everton Dantas.