Setur contesta Ministério do Turismo sem expor dados próprios

Publicação: 2019-06-23 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Secretaria de Estado do Turismo (Setur/RN) contesta os números que constam no  Anuário Estatístico do Turismo 2019 – Ano Base 2018, divulgado pelo Ministério do Turismo este mês, mas não apresenta dados de uma base de controle de chegada e saída de turistas nacionais e estrangeiros própria. Para a Setur/RN, o fato do Ministério do Turismo tomar como fonte de pesquisa o controle feito pela Polícia Federal nos Estados, coloca os números de entrada efetiva de turistas internacionais no Rio Grande do Norte para baixo, o que a pasta afirma que “não corresponde à realidade do mercado”.

“A informação mais importante que deve ser levada em consideração sobre este anuário, divulgado pelo Ministério do Turismo, é que tais números correspondem apenas aos turistas internacionais que fazem imigração nos estados onde desembarcam no Brasil. Ou seja, o anuário coloca que tivemos um aumento no número de turistas portugueses, para não dizermos 100%, quase que a totalidade da demanda do mercado europeu faz imigração aqui no aeroporto Aluísio Alves, porém, analisando o fluxo de turistas sul-americanos, que corresponde a maior demanda dos turistas internacionais do estado, a maioria faz imigração em São Paulo e/ou no Rio de Janeiro; a exceção é o voo da Gol, Buenos Aires-Natal, que mesmo assim, o número de argentinos citados no anuário, equivalente ao voo direto, não corresponde à realidade da demanda”, destaca a pasta em nota enviada à TRIBUNA DO NORTE.

Além disso, a Setur/RN aponta, utilizando com argumentação base de dados de terceiros, que “esse anuário não pode ser usado de base para medir o fluxo de turistas internacionais, temos o mercado paraguaio, que nos últimos anos teve um crescente fluxo de turistas, graças a um trabalho que vem sendo desenvolvido pela Setur e Emprotur em parceria com o trade, no qual várias ações e participação em eventos no Paraguai fomentaram as vendas das operadoras e o fluxo de passageiros do país. O anuário apontou um número de apenas 19 passageiros oriundos do Paraguai no ano de 2018 no Rio Grande do Norte! Realizando uma consulta rápida com um receptivo de Natal que recebe demanda de vários países da América do Sul, nos foi informado que apenas uma operadora enviou para Natal mais de 4.000 paraguaios em 2018, vale salientar que apenas um receptivo foi consultado e esse número é de apenas uma operadora desse receptivo, que trabalha com outras que enviam passageiros da América do Sul”.

A Secretaria de Estado do Turismo ressalta que “sabemos das dificuldades no levantamento estatístico dos números do turismo no RN, e medidas já estão sendo tomadas para reavaliar a forma como os levantamentos são feitos”.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários