Sistema penal do RN confirma primeiro caso de coronavírus

Publicação: 2020-05-18 14:38:00
Ícaro Carvalho
Repórter

Um preso do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte está com coronavírus. É o primeiro caso confirmado de covid 19 em internos do sistema. A informação foi confirmada à TRIBUNA DO NORTE pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

De acordo com informações, o interno é um homem que apresentou os sintomas e foi testado neste final de semana, quando saiu o resultado positivo. Segundo a Seap, outros cinco internos que tiveram contato com ele foram testados, mas deram negativo.
Créditos: SUMAYA VILLELASeap não confirmou presídio onde o detento foi infectadoSeap não confirmou presídio onde o detento foi infectado

saiba mais

Ainda de acordo com a Seap, pelo menos dez servidores da pasta foram tiveram exames positivos para covid 19. A pasta informou que não vai divulgar a unidade prisional onde o preso e os respectivos policiais penais estão lotados por questões de segurança. Os servidores estão em isolamento domiciliar para se recuperar da doença e voltar às atividades.

Na semana passada, reportagem da TRIBUNA DO NORTE mostrou que o primeiro preso com suspeita de covid teve seu resultado negativo para coronavírus. Ele chegou a ser levado ao Hospital Estadual Giselda Trigueiro. De acordo com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), o interno recebeu alta no dia nove de maio e refez o teste no dia 11, com resultado negativo para covid 19. Ele foi levado ao hospital da capital potiguar no dia com queixas de dor abdominal, intestino preso, febre momentânea e tosse.

O detento era da ala B da Penitenciária Rogério Coutinho Madruga, que faz parte do Complexo Penal de Alcaçuz. De acordo com a Seap, o interno já estava isolado e não teve contato com outros presos.  Além dele, quatro policiais penais com casos suspeitos de covid foram detectados e os agentes foram mantidos em quarentena em casa. Um deles, inclusive, retornou ao trabalho na segunda-feira, dia 11, ao serviço normal após cumprir isolamento social.