Sob chuva, Hamilton faz pole para GP da Inglaterra

Publicação: 2017-07-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Com ajuda da chuva, o inglês Lewis Hamilton desbancou o finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro de Mercedes, e o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, para faturar a pole position do GP da Inglaterra, neste sábado. O piloto da casa contou com a pista molhada para obter a sexta pole do ano e fazer a festa da torcida presente no tradicional circuito de Silverstone. A largada acontece hoje às 9h (Brasília).

A reação dos fãs contrastou com as críticas que Hamilton recebeu ao longo da semana por ficar de fora de grande evento organizado pelos novos donos da Fórmula 1, no centro de Londres, na quarta. Mesmo sendo piloto local, ele foi o único de todo o grid a não comparecer ao encontro com os fãs nas ruas londrinas.
Prova do GP da Inglaterra, em Silverstone, tem largada às 9h deste domingo (horário de Brasília)
Prova do GP da Inglaterra, em Silverstone, tem largada às 9h deste domingo (horário de Brasília)

O "perdão" da torcida foi conquistado com uma grande performance nas três sessões do treino classificatório de ontem. Hamilton, que liderou o último treino livre, no início do dia, cravou o tempo de 1min26s600 para obter a 67º pole da carreira, ficando a apenas uma do alemão Michael Schumacher, recordista absoluto. O inglês ainda se igualou às cinco poles de Jim Clark, que era então o recordista de Silverstone.

Depois do piloto da casa, vice-líder da temporada, vieram os carros da Ferrari no treino deste sábado. O finlandês Kimi Raikkonen vai largar em segundo, após obter o tempo de 1min27s147. E Vettel, líder do campeonato, sairá em terceiro, com 1min27s356.

Vencedor do GP da Áustria no domingo passado, o finlandês Valtteri Bottas esteve aquém do esperado. Em ascensão na temporada, ele fora o mais rápido nos treinos livres de sexta. Mas, na classificação, não passou do quarto posto, com 1min27s376. Para piorar, ele sofreu punição por trocar a caixa de câmbio, na sexta. Por consequência, perderá cinco posições no grid. Assim, vai largar somente em nono.

A punição vai beneficiar o holandês Max Verstappen, o alemão Nico Hulkenberg, o mexicano Sergio Pérez, o francês Esteban Ocon e o belga Stoffel Vandoorne. Cada um deles vai ganhar uma posição no grid graças a sanção aplicada a Bottas, a começar por Verstappen, que foi o quinto mais veloz do treino, mas largará em quarto. O francês Romain Grosjean completa o Top 10 do grid.

O brasileiro Felipe Massa não rendeu o que esperava. Após passar com dificuldade pelo Q1, ele foi eliminado da disputa no Q2, a segunda sessão do treino classificatório. Com o tempo de 1min31s482, o piloto da Williams obteve o 15º posto. Porém, largará em 14º, em função de outra punição no grid aplicada ao espanhol Fernando Alonso.

*Da Agência Estado

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários