Soluções tecnológicas mantêm rotina de estudantes de escolas de Natal

Publicação: 2020-03-20 09:00:00
A+ A-
A suspensão das aulas em virtude da pandemia do coronavirus determinada por decreto do Governo do Estado fez com que as escolas buscassem alternativas pedagógicas para a manutenção do calendário escolar. O colégio CEI Romualdo faz uso do  sistema de Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), entre outros,  que conta com videoaulas, atividades e interação entre alunos e professores nos turnos em que regularmente estudam. O Espaço Infantil Primeiros Passos também utiliza as ferramentas tecnológicas Google Meet e Agenda Eletrônica para o envio de atividades e interação com os alunos.

Créditos: DivulgaçãoGiovana Gentil, aluna do 7° ano, mantém estudos em casaGiovana Gentil, aluna do 7° ano, mantém estudos em casa
 
“Fomos desafiados para minimizar os efeitos da distância física e aproximar nossos alunos de novas formas de interação com a aprendizagem. E uma escola que educa para o pensar, planejou rapidamente muitas formas para que não aconteça apenas transmissão de conhecimento, mas relacionamento entre alunos e professores diários, favorecendo este processo, através da criação de salas virtuais e aulas on line”, destacou a diretora pedagógica do CEI Romualdo, Cristine Rosado.
 
As atividades são enviadas diariamente, no início da manhã, para que sejam acompanhadas pelos alunos nos seus turnos de aulas presenciais. A dinâmica de videoaulas preparadas pelos professores incluirá as orientações das atividades a serem realizadas e um momento de live para esclarecimentos de dúvidas acerca dos temas das aulas. O AVA foi desenvolvido para atender os alunos dos diferentes níveis de ensino.

A estudante Maria Carolina Collier, do 3º Ano do Ensino Médio, afirmou que inicialmente o  cancelamento das aulas gerou uma preocupação em todos os alunos, principalmente os que estão se preparando para o Enem com um cronograma organizado. “Porém  na manhã seguinte já estávamos com todas as aulas regularizadas por meio de plataformas de encontros online, onde os professores continuam dando os conteúdos normalmente e nós podemos ficar em casa, com isso minha rotina não tem mudado tanto, pela manhã a aula continua no horário normal e a tarde temos a vantagem de todos os professores continuarem conectados e a postos para tirar qualquer dúvida que possa aparecer”, enfatizou a aluna.

O uso de ferramentas tecnológicas disponibilizadas pela escola no ambiente virtual tem sido um grande aliado na ausência presencial. “Eu me surpreendi bastante a eficiência do ambiente virtual. Como já era de costume, o tempo todo estão sendo colocadas listas, aulas, slides e resumos para auxiliar e complementar as explicações dadas pelos professores, para que dessa forma não percamos o ritmo de estudo. Foi uma surpresa muito agradável essa solução encontrada pela escola, e estou extremamente convencida que não teremos grande perda em relação ao nosso ano letivo”, salientou Maria Carolina.

Aluna do 7º Ano do Ensino Fundamental, Giovana Gentil destacou que, “a rotina tem me ajudado muito, porque é como se tivesse em sala de aula, recebo conteúdos e atividades. Foi uma ótima medida adotada para podermos continuar prosseguindo com o calendário escolar”, reforçou.
Família integrada à rotina
 
Aluna do 6º Ano do Ensino Fundamental, Iris Almeida, demonstrou empolgação em seguir os estudos por meio do ambiente virtual, mesmo no período de suspensão presencial na escola.
 
“Equipe CEI deixa bem claro que quarentena não é férias. Primeiro dia sem aula presencial e já foi disponibilizado um meio tecnológico para que as aulas não deixem de acontecer, mantendo sempre contato entre professores e alunos. Tenho certeza que este trabalho está longe de ser fácil, mas foi feito. Uma equipe que representa melhor do que ninguém o trabalho duro”, disse Iris.
 
Viviane Andrade, mãe de alunos, também avaliou como positiva a solução tecnológica para suprir o período de isolamento.
 
“É uma grande satisfação ver que a Escola estimula que as crianças continuem seus conteúdos curriculares. O CEI suspendeu as aulas por determinação do Governo e no dia seguinte as crianças tinham aulas virtuais com o conteúdo curricular normal de 7:15 às 12:40, desenvolvendo conteúdo e tirando dúvidas. Achei uma resposta espetacular considerando o pouco tempo de ação. O efeito disso é imensurável, as crianças continuam com suas responsabilidades, não ficam ociosas, e por estarem ocupadas ficam menos focadas no stress gerado pela pandemia”, apontou Viviane, que além de Iris é mãe de Ivo Andrade de Almeida do 8º Ano e Íris e Liz Andrade de Almeida 2º Ano.








Deixe seu comentário!

Comentários