Cookie Consent
Natal
STTU vai instalar câmeras em Natal no final de junho
Publicado: 00:01:00 - 27/05/2022 Atualizado: 23:02:49 - 26/05/2022
A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) deve começar, até o final do próximo mês, a instalação de equipamentos de videomonitoramento inteligente em áreas da capital potiguar. As primeiras unidades servirão como teste para as futuras instalações, que serão definidas entre a STTU e a Interjato Soluções, empresa vencedora da licitação para a prestação do serviço. Ao todo,  poderão ser instaladas até 180 câmeras, a um custo anual de  R$ 3,5 milhões.

Adriano Abreu
Inicialmente, equipamentos serão instalados em locais como a Ponte Newton Navarro, Salgado Filho, Prudente de Morais e outros

Inicialmente, equipamentos serão instalados em locais como a Ponte Newton Navarro, Salgado Filho, Prudente de Morais e outros


Para a fase inicial de testes, serão implantados 10 equipamentos. Walter Pedro, secretário adjunto da STTU, explicou que as câmeras, do tipo speed dome, panorâmica, além de câmeras com OCR, para leitura de placas de veículos, serão instaladas, inicialmente, em locais como as avenidas Senador Salgado Filho, Prudente de Morais e 25 de Dezembro, na Praia do Meio. Áreas do bairro da Ribeira, bem como a Ponte Newton Navarro, também serão contempladas com os equipamentos para teste.

“Estamos recebendo a empresa para identificar os pontos  para testar os equipamentos”, afirma o secretário. Após a fase de teste e com a definição dos locais fixos a receberem o monitoramento, a STTU irá realizar uma campanha para comunicar a população sobre o uso dos novos equipamentos. “Os testes são para que a gente verifique o equipamento e a capacidade de imagem de cada um. A partir daí, definiremos os pontos fixos”, explicou Walter Pedro. 

“Por enquanto, o que a gente avalia é que os pontos de teste poderão ficar [fixos] – e possivelmente ficarão – mas também podem ser alterados e os equipamentos serão colocados em outros locais”, acrescentou. De acordo com Walter Pedro, o sistema de videomonitoramento será “disponibilizado com a premissa de dar visibilidade completa”, não somente à Central da STTU, mas ao Ciosp e também aos órgãos de imprensa.

“A gente vai distribuir essas imagens porque nós entendemos que, quanto mais  pessoas estiverem vendo a situação do trânsito, melhor é para a solução de alguns gargalos. Pelas imagens, as pessoas poderão identificar e sair de áreas de conflito”, disse o secretário.

Soluções
A Interjato Soluções venceu a licitação para prestação de serviços de fornecimento, implantação, operação e manutenção dos sistemas de videomonitoramento e central de monitoramento de trânsito e transporte da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU).

A solução de Trânsito Inteligente da Interjato inclui 180 câmeras que permitem o reconhecimento de placas, cor e tipo de veículo, análise de fluxo, detecção de estacionamento proibido e contagem de veículos. Uma das tecnologias que vão ser entregues possui capacidade de captar 30 faces humanas por segundo, alta resolução, conectividade, transporte de dados e armazenamento de imagens.

Outra entrega são as câmeras panorâmicas com visualização de 360 graus. Segundo a empresa, elas devem contribuir “com informações inteligentes e constantes para os sistemas de segurança e também vão modernizar a forma de planejamento e infraestrutura para administração do trânsito de Natal”.

Ruan Medeiros, sócio e pré-vendas da Interjato Soluções, explicou que, para além do monitoramento, o sistema irá gerar dados para a STTU, que podem ajudar a pasta a pensar em alternativas que melhorem a infraestrutura da cidade, a partir do uso de inteligência artificial.
“Como as câmeras vão reconhecer placas e conseguir fazer a contagem desses veículos, a Secretaria vai ter dados de quantos carros passam em uma determinada via. Isso é interessante porque, além dos dados, que permitirão buscas criminais a veículos roubados, o órgão  também poderá fazer uma previsão de melhoramento da infraestrutura da cidade”, explica Medeiros.

Dentre as opções oferecidas pelos equipamentos com a contagem de carros estão  experimentos, por exemplo, para encaminhar veículos a outras rotas, a fim de evitar congestionamentos em pontos de grande fluxo, uma vez, que a STTU terá ciência da quantidade de automóveis que trafega em determinada via.

Algumas câmeras, segundo Ruan Medeiros, serão implantadas em locais altos, como prédios e pontes (no caso dos equipamentos para permitir visão panorâmica de uma determinada região). Os equipamentos, poderão, ainda, identificar veículos estacionados em locais proibidos.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte