Substituição na Segurança

Publicação: 2010-01-13 00:00:00
O vice-governador Iberê Ferreira de Souza confirmou que o desembargador Cristóvam Praxedes deverá assumir a Secretaria de Segurança e Defesa Social ainda com a governadora Wilma de Faria no cargo. “O desembargador deverá começar a ser secretário ainda no Governo Wilma de Faria e, evidentemente, como eu o convidei, ele ficará no meu período também. Ele é um homem íntegro, de atitude e de ação. A segurança pública está realmente precisando de alguém do nível e da competência do desembargador”, afirmou Iberê, ontem, durante entrevista na Rádio Cabugi do Seridó.

Presidente na oposição

O retorno das atividades legislativas terá uma peculiaridade. O presidente da Casa, deputado Robinson Faria (PMN), estará na oposição. Não é muito comum, no Legislativo do RN, a presidência ficar com um oposicionista.

Reação da torcida

No momento em que o mestre de cerimônia convidou a prefeita Micarla de Sousa para compor a mesa na solenidade de posse do novo presidente do ABC, o público chegou a vaiar. Mas o mestre de cerimônia, para evitar constrangimentos, interferiu a tempo de haver uma manifestação mais estrondosa, ao pedir que a torcida do ABC recebesse a conselheira do clube. A solenidade foi na noite de segunda-feira.

Chapa definida

As informações depois do encontro de domingo no condomínio Porto Brasil dão conta de que uma das chapas para a disputa majoritária estaria fechada: Rosalba Ciarlini (DEM) candidata ao governo; Robinson Faria (PMN) a vice; e os senadores Garibalbi Filho (PMDB) e José Agripino (DEM) à reeleição. O suplente de Garibaldi seria João Faustino (PSDB), que continuaria na mesma posição de hoje. E o suplente de Agripino deve ser o deputado Paulo Davim (PV).

Sem sossego 

Ao ser indagado por um repórter se a presença do PMN na aliança de oposição, significa que a bancada do partido, a maior da Assembleia, não vai dar sossego ao governo, o deputado Robinson Faria respondeu: “O governo não me deu sossego.”

Novo gestor

O novo prefeito do município de Pedro Velho, Lenivaldo Brasil Fernandes (PV), foi diplomado ontem. Ele assumiu o cargo por causa da cassação do prefeito eleito Elizeu Jalmir Macedo (PP). A deputada estadual Gesane Marinho (PMN) prestigiou a solenidade.

Minha Casa, Minha Vida

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do Congresso, senador José Sarney (na foto, ao cumprimentar Dilma), participaram, em Brasília, da solenidade de anúncio de recursos para o programa Minha Casa, Minha Vida, a municípios com menos de 50 mil habitantes. A governadora Wilma de Faria também esteva na cerimônia. Na ocasião, foi divulgada também a seleção das propostas de operação de financiamento para o programa de habitação Pró-Moradia, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Campanha

O cineasta Fernando Meirelles, diretor de "Cidade de Deus" e "Ensaio sobre a Cegueira", reiterou ontem que não participará diretamente da campanha da senadora Marina Silva (PV-AC) à presidência da República, mas dará sugestões, se for consultado. "Sou um palpiteiro", brincou no intervalo de um encontro com a parlamentar, em São Paulo, para acertar os detalhes do programa de TV do partido que irá ao ar em 4 de fevereiro e será realizado por uma produtora do Rio de Janeiro. Meirelles disse ter afinidade com as propostas da senadora e que votará em Marina.

Eleição no MP

Na próxima sexta-feira, procuradores e promotores de Justiça vão às urnas para escolher o novo ouvidor do Ministério Público. A eleição começa às 8h, em Natal e Mossoró. As urnas serão fechadas às 15h. Dois candidatos disputam o cargo: Érica Verícia de Oliveira Canuto e Paulo Gomes Pimentel Júnior. O mandato de ouvidor é de dois anos, sem possibilidade de recondução.

Prazos da Justiça eleitoral

Quem ainda não requereu o título de eleitor ou deseja transferir o domicílio têm até o dia 05 de maio. O prazo também é válido para quem precisa fazer a revisão dos dados eleitorais.