Subtenente continua desaparecido após tiroteio no Potengi; PM faz buscas neste domingo

Publicação: 2017-08-12 18:52:00 | Comentários: 0
A+ A-
Apesar das buscas realizadas pela Policia Militar e Corpo de Bombeiros neste sábado (12), o subtenente Amauri Soares continua desaparecido desde a noite da quinta-feira (10), quando foi abordado a tiros por criminosos enquanto pescava no rio Potengi, nas proximidades da comunidade ribeirinha do Passo da Pátria. A operação para encontrá-lo foi encerrada na noite deste sábado (12) e será retomada no domingo (13), segundo a Polícia Militar.

O subtenente da reserva, Amauri Soares, desapareceu nesta quinta-feira (10)
O subtenente da reserva, Amauri Soares, desapareceu nesta quinta-feira (10)

Segundo o tenente-coronel Zacarias Mendonça, comandante do policiamento metropolitano, as buscas só serão encerradas quando o subtenente for encontrado. "Amanhã nós voltaremos a procurá-lo. Enquanto não for encontrado, realizaremos buscas", disse. Neste sábado, as equipes que participam da procura encontraram os documentos do sargento João Maria da Silva, que estava com Amauri Soares na hora do atentado e foi atingido por um dos tiros. Ainda de acordo com o tenente-coronel Zacarias Mendonça, o sargento já está em casa e foi notificado sobre a recuperação dos pertences.

Um civil não identificado também estava com os dois homens na pesca quando aconteceu o crime. Os três estavam em uma canoa quando um tiroteio teve início contra quatro homens que tentaram aborda-los, e pularam na água. O civil nadou até uma área do mangue minutos depois sem ferimentos, enquanto o sargento Silva foi encontrado por volta das 22h do mesmo dia. Na última sexta-feira (11), a canoa em que as vítimas estavam foi encontrada próximo ao Passo da Pátria. O material de pesca dos homens estava dentro da embarcação, que está marcada por tiros.

O Corpo de Bombeiros e a Marinha auxiliam nas buscas da Polícia Militar e as investigações para a motivação do crime continuam. Um dos quatro homens que teriam atentado contra os pescadores foi atingido por um dos policiais. Socorrido e detido logo depois, prestou depoimento à Polícia Militar. Uma das hipóteses é que os pescadores tenham sido confundidos pelos homens com inimigos de facção criminosa.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários