Suspeito de matar PM é morto ao trocar tiros com a Polícia em Macaíba

Publicação: 2018-10-10 08:59:00 | Comentários: 0
A+ A-
Na manhã desta quarta-feira (10), uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar denominada "Operação Santuário"' realizou cumprimentos de mandados de prisão, busca e apreensão, em Macaíba, a um suspeito de ter assassinado um policial militar em maio deste ano em uma barbearia da capital potiguar. Durante a operação, o principal homem morreu ao reagir e trocar tiros com a Polícia. Outras pessoas envolvidas com crimes na região foram presas e apreendidas durante a operação. Ao término, o balanço da ação foi de uma pessoa morta, seis presas e uma apreendida.

Material apreendido pelos policiais durante operação conjunta das Polícias Civil e Militar
Material apreendido pelos policiais durante operação conjunta das Polícias Civil e Militar

O indivíduo morto foi identificado como Eduardo Ferreira da Silva, de 26 anos, mais conhecido por "Dudu", o principal suspeito de matar o cabo da PM, Waldembergue Cruz de Lima quando ele saía de uma barbearia na Zona Norte da cidade. Outras seis pessoas pessoas foram presas, cinco homens e uma mulher. De acordo com a Polícia, todos os presos foram são suspeitos de integrar uma facção criminosa que atua no estado.

No momento da prisão, eles estavam reunidos em uma residência no bairro Morada da Fé, próxima a casa de Eduardo. O grupo foi detido e enviado à Delegacia para a realização dos procedimentos cabíveis. Duas espingardas, um revólver e munições foram apreendidos pelos policiais.

A ação contou com os policiais da Delegacia de Macaíba, comandados pela delegado Normando Feitosa, agentes civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e militares do 11º Batalhão da Polícia Militar.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários