Técnico Tite avalia o caminho do Brasil na Copa América

Publicação: 2019-05-26 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Seleção Brasileira terá a primeira semana real de treinamento a partir de hoje, quando os jogadores chegam para completar o elenco que disputará a Copa América 2019, no Brasil. No grupo A, a Seleção terá pela frente Bolívia, Venezuela e Peru. O jogo de estreia é contra os bolivianos, no estádio do Morumbi, em São Paulo, no dia 14 de junho. 

Está dentro de nós mesmos, fazer o nosso melhor, um grande desempenho, para que tenhamos condições de passar essas etapas, Tite Técnico da Seleção Brasileira
"Está dentro de nós mesmos, fazer o nosso melhor, um grande desempenho, para que tenhamos condições de passar essas etapas", Tite Técnico da Seleção Brasileira


A 46ª edição do torneio será disputada  por 12 Seleções participantes. Em campo, nove títulos da Copa do Mundo da FIFA reunidos e algumas das maiores estrelas do futebol mundial. Além dos dez países sul-americanos membros da CONMEBOL (Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), Japão e Catar participarão como convidados.

Com a cabeça já nos três confrontos, o técnico Tite e o Coordenador de Seleções, Edu Gaspar, comentaram a mentalidade necessária para este desafio.

Para Edu, um dos maiores desafios será conciliar o tempo de descanso e recuperação dos atletas entre os jogos. A Copa América será disputada em três regiões diferentes do país, com jogos marcados para Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador.

“Por ser itinerante e ter uma grande estrutura que nós temos no Brasil, não vai haver nenhum tipo de problema. Temos que ter os cuidados para viajar o quanto menos, na hora certa, para que os atletas possam se recuperar no momento correto. Se vamos viajar pós-jogo, ou descansar e viajar no dia seguinte. Tem toda uma estratégia que está sendo montada para que a gente possa fazer a melhor logística para os jogos”, destacou Edu.

Já Tite ressaltou que, independente dos adversários sorteados, o Brasil tem condições de encontrar o caminho para o título. Para o treinador, o segredo estará dentro da própria equipe.

“O (Francisco) Maturana foi muito sábio quando ele fez uma observação na apresentação. Ele disse que sorteio é sorteio. Mais do que isso, talvez o segredo e o processo de ter vitórias estejam dentro da própria Seleção. Está dentro de nós mesmos, fazer o nosso melhor, um grande desempenho, para que tenhamos condições de passar essas etapas”, comentou.

Roteiro da segunda fase
Caso a Seleção Brasileira termine a primeira fase em primeiro lugar, o Brasil jogará na Arena do Grêmio, no dia 27 de junho, às 21h30. Avançando, disputará a semifinal no Mineirão, em Belo Horizonte, no dia 2 de julho, às 21h30. Já a grande final está confirmada para acontecer no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em 7 de julho, às 17h.

Agora, se passar em segundo lugar, o Brasil vai ao Maracanã nas quartas de final, no dia 28 de junho, às 16h, e à Arena do Grêmio, no dia 3 de julho, às 21h30, pelas semifinais. 






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários