Tecnologia para o semiárido

Publicação: 2020-07-07 00:00:00
A+ A-
Rosalie Arruda
rosaliearruda@uol.com.br

A Universidade Rural do Semiárido (Ufersa) já concluiu a interface da Plataforma Sabiá que vai agregar digitalmente as diversas soluções tecnológicas para atender as demandas do Semiárido brasileiro. A proposta é de trocar ideias entre quem produz e quem precisa da produção.

O projeto, que tem o apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional – MDR, tem previsão de lançamento para outubro ou novembro deste ano.

Água limpa
Estarrecedor e indigno. Enquanto se discute o protocolo da volta às aulas presenciais, com uso de álcool gel por exemplo, chega a informação coletada no censo Escolar 2020, pelo Jornal o Globo, que  mais de 10 mil escolas públicas brasileiras não tem água limpa para lavar as mãos.   São quase dois milhões de alunos em escolas nessas condições.  É o retrato do atraso do país.

Adversário 
Em entrevista ao Correio Braziliense, a ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) disse que o governador do Maranhão, Flávio Dino, do seu partido, desponta como um dos principais nomes da oposição para uma eventual disputa com o presidente Jair Bolsonaro, nas eleições de 2022. Porém, ela acha muito difícil uma união em torno de um candidato único oposicionista. 

Ar puro 
O Presidente do PV, Ambientalista Rivaldo Fernandes, pré-candidato a vereador em Natal, depois do susto com a Covid-19 volta a respirar os bons ares da cura.

Saravá!!!!

Internet 
A propósito, o ministro Fábio Faria recebe esta semana um documento do  Instituto de Desenvolvimento da Educação, comandado pela ex-secretária de Educação do Estado, Cláudia Santa Rosa, sugerindo  ao representante do governo federal o uso do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações Anatel (Fust) para melhorar o acesso da educação pública à internet, possibilitando a inclusão digital.

Bom sinal 
A indústria do país respira com um certo alívio com o crescimento do faturamento em 11,4% em maio, afirma CNI. “É importante considerar que o crescimento vem após dois meses de fortes quedas. A Indústria continua bastante desaquecida, mas os resultados de maio mostram que o pior já passou”, diz o gerente-executivo de Economia da CNI, Renato da Fonseca.

Cautela e caldo de galinha 
Embora o protocolo de reabertura da economia autorize a reabertura dos restaurantes a partir de hoje, tem empresários com o pé no freio observando os resultados dos que abriram neste primeiro momento. Um dono de restaurante em Ponta Negra disse à coluna que vai esperar para analisar o mercado. “Eu não posso errar”! Vaticinou. 

Reconhecimento 
A Corregedoria Geral de Justiça simplificou as normas para reconhecimento de paternidade.  A qualquer tempo, a mãe ou o filho maior pode comparecer no Oficial de Registro de Pessoas Naturais e apontar o suposto pai, com o maior número de elementos de identificação. Também, o reconhecimento voluntário da paternidade ou da maternidade poderá ser feita diretamente nos ofícios de registro civil de pessoas naturais.

Oxalá!!!!

Onda e Tubarão 
O potiguar Ítalo Ferreira passou o domingo surfando na praia da Reserva, em Saquarema, Rio de Janeiro, e levou um susto quando deu de cara com um tubarão. Ele saiu da água imediatamente. A façanha foi relatada nas redes sociais do sufista. 

O final de semana em Saquarema registrou ondas de até quatro metros de altura, geradas pelo ciclone bomba que causou destruição no sul do país.

Esta cova em que estás...
Natal continua enterrando seus mortos de Covid-19. Até quando, hein??

Portas abertas
A Prefeitura do Natal volta os olhos para a ZN e abre hoje o Centro de Atendimento para enfrentamento da Covid-19 no Ginásio Nélio Dias.  O Centro vai atender pacientes com suspeitas ou sintomas da doença viral. 

Novo Samu 
A empresa Serv. Saúde Eirelli começou a trabalhar ontem no serviço de transporte sanitário em ambulâncias com reforço para o SAMU Natal. O contrato emergencial feito pela secretaria estadual de Saúde terá duração de seis meses no valor mensal estimado de R$ 1.424.016,00.

A empresa fica obrigada a fornecer até seis ambulâncias, equipe de profissionais e materiais sendo a remuneração mediante efetivo uso do transporte de pacientes.

Gasolina
O natalense foi mais uma vez surpreendido com reajuste nas bombas de combustíveis da capital. Nesse momento de pandemia, quando o comercio dá sinais de retomada do trabalho, o empregado ganha um presente dessa monta.
É incrível a falta de “solidariedade” entre os homens.! !!!