Tem muito mais

Publicação: 2020-05-31 00:00:00
A+ A-
Lauro Jardim

A operação em 29 endereços de bolsonaristas determinada por Alexandre de Moraes na quarta-feira passada é apenas um aperitivo do que vem pela frente. Daí, o destempero de Jair Bolsonaro.

Caixa agonizante
O Instituto Lula também sente os efeitos devastadores do coronavírus, o mesmo que o petista classificou como uma benção da natureza e depois pediu desculpas. A entidade captou cerca de R$ 93 mil em doações neste ano, o equivalente a 23% da meta do primeiro semestre. No mesmo período de 2019, com Lula ainda preso, recebeu R$ 257 mil com financiamento coletivo.

Têm mais é que... Embora avalie que o inquérito aberto de ofício por Alexandre de Moraes possa conter exageros, Rodrigo Maia adorou a operação da PF contra os bolsonaristas acusados de disseminar fake news e ataques virtuais. O presidente da Câmara é um dos alvos preferidos dessa galera.

Pernas para que te quero
Parte dos rumos do país vem sendo decidida durante caminhadas em torno da casa de Rodrigo Maia. Como o coronavírus esvaziou as concorridas noites da residência oficial de Maia, seu exercício matinal ganhou ares de reunião de cúpula. Os parceiros mais frequentes são Ciro Nogueira, Aguinaldo Ribeiro, Marcos Pereira e Hugo Motta.

Conselhos paternos
Rodrigo Maia teve dúvidas se deveria aceitar o convite para uma reunião com Jair Bolsonaro há 15 dias. O conselho que o convenceu de vez veio de Cesar Maia. Seu pai disse que ele não poderia recusar o encontro. Apelou para a relação institucional que deve reger a presidência dos Poderes, independentemente de questões pessoais.

Fique em casa
Maio nem acabou e a Coca-Cola já decidiu: o home office em seus escritórios foi estendido até 31 de dezembro.

Como explicar 1
Enquanto a crise política incendeia o Brasil, o PIB cai e a pandemia se alastra, a Bolsa não para de subir e o dólar cai. O que explica? O pragmático mercado financeiro resume assim o que acontece: se o Congresso tocar a agenda de reformas e o Judiciário segurar a institucionalidade, freando os arroubos do presidente da República, há espaço para os investimentos fluírem e negócios serem feitos. A equação só desandaria se houver alguma ruptura institucional.

Como explicar 2
Apesar de tudo, incluindo a péssima imagem de Jair Bolsonaro no exterior, os investidores internacionais estão olhando para o país, afinal o Brasil está barato em dólar. Miram sobretudo áreas específicas, como o saneamento básico. Aliás, o projeto do novo marco do saneamento deve mesmo ser votado pelo Congresso em junho.

Boa notícia 1
O Pátria acaba de levantar US$ 5 bilhões para seu novo fundo de investimentos em infraestrutura.

Boa notícia 2
A Petrobras impressionou na semana passada ao captar US$ 3,5 bilhões no exterior em plena pandemia. Vem mais por aí: estão engatilhadas para serem anunciadas nos próximos dias mais seis operações semelhantes de outras empresas, com valores entre US$ 500 milhões e US$ 3 bilhões.

Nos céus
Pelas contas das companhias aéreas, se a poltrona do meio não puder mais ser vendida por causa do coronavírus, o preço das passagens subiria em média 50%.

Ideia fixa
Constatação: governar não é mais a primeira ocupação de Jair Bolsonaro. O presidente só pensa, assim como Dilma Rousseff em 2015 e 2016, em se livrar do impeachment.

Arquivo morto
Augusto Aras se manifestou contra a apreensão do telefone de Jair Bolsonaro. Dada a boa relação entre os dois, o PGR deve saber que o presidente já trocou de número três vezes desde o final do ano passado para cá.
Longa quarentena O porta-voz, general Rêgo Barros, deixou de dar expediente no Palácio do Planalto no dia 6 de maio por ter contraído Covid-19, mas até agora não retornou ao posto. Rêgo Barros está recuperado, mas ainda está em quarentena porque familiares seus testaram positivo.

Alto risco
Wilson Witzel se desestabilizou ao virar, junto com sua mulher, Helena, alvo principal de uma operação da PF. Por pouco, não fez uma besteira. Witzel estava disposto a procurar pessoas próximas a outros investigados para tentar descobrir - fora dos autos - o que eles contaram em seus depoimentos. Ao fim, foi convencido a desistir do plano, que configuraria obstrução de Justiça, algo que, aliás, um ex-juiz deveria saber.




Deixe seu comentário!

Comentários