Tite escala a Seleção com Neymar, Firmino, Jesus e Coutinho no ataque

Publicação: 2019-10-09 00:00:00
A+ A-
A base do time que conquistou a Copa América com a presença de Neymar. Será assim que a seleção brasileira vai entrar em campo nesta quinta-feira, quando vai enfrentar Senegal, a partir das 9 horas (de Brasília), em Cingapura, em um dos seus amistosos da Data Fifa de outubro.

Créditos: Pedro MartinsO técnico Tite testa opções para escalar os titulares no jogo de amanhã contra Senegal às 9hO técnico Tite testa opções para escalar os titulares no jogo de amanhã contra Senegal às 9h
O técnico Tite testa opções para escalar os titulares no jogo de amanhã contra Senegal às 9h

Foi assim, afinal, que o técnico Tite testou a seleção nesta terça-feira, em treinamento preparatório para o seu próximo compromisso e que foi realizado no Kallang Sport Hub. E com a presença de todos os jogadores convocados pelo treinador, ao contrário do que aconteceu na segunda, quando apenas 11 atletas puderam ir a campo.

Do time que disputou a decisão da Copa América contra o Peru, as únicas novidades foram as presenças de Ederson e Neymar. O goleiro do Manchester City assumiu a vaga de Alisson, que está lesionado. Além disso, Neymar, que não disputou o torneio no Brasil por causa de uma contusão, substituiu Everton Cebolinha. Com isso, o quarteto ofensivo deverá ser composto por Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Neymar e Roberto Firmino.

Assim, o time que Tite testou e deverá enfrentar Senegal na quinta, no Estádio Nacional de Cingapura tem: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Neymar e Roberto Firmino. Já a equipe reserva treinou com a seguinte formação: Weverton; Marcinho, Rodrigo Caio, Eder Militão e Renan Lodi; Fabinho, Matheus Henrique e Lucas Paquetá; Richarlison, Gabriel e Everton.

Depois de encarar Senegal, a seleção voltará a campo no domingo, quando enfrentará a Nigéria, também a partir das 9 horas.

Novato
Aos 29 anos, Santos vive o melhor momento da sua carreira. O goleiro do Athletico Paranaense é destaque do time que recentemente conquistou o título da Copa do Brasil e foi pela primeira vez convocado para a seleção brasileira. Em Cingapura, revelou inspiração em Taffarel, o treinador de goleiros da seleção.

"O 'sai que é sua, Taffarel' é emblemático. Todo moleque já ouviu isso. Ele é referência para todos, exemplo para toda a molecada. Só cumprimentei, disse que já estava doido para trabalhar', afirmou Santos, que inicialmente será a terceira opção de Tite para o gol, atrás de Ederson e Weverton, mas que se destacou em treino de finalizações desta terça.

O principal ídolo de Santos na infância, porém, parece ser Dida, outro goleiro com passagem marcante pela seleção.






Deixe seu comentário!

Comentários