Tite faz amanhã a “chamada final” das Eliminatórias

Publicação: 2017-09-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Pouco mais de uma semana após voltar de Barranquilla, onde enfrentou a Colômbia, o técnico Tite anunciará amanhã a lista de convocados para os dois últimos jogos do Brasil pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo, diante de Bolívia e Chile, no próximo mês. A convocação está marcada para às 11h, na sede da CBF. Já garantida em primeiro lugar no qualificatório, a seleção irá encarar os bolivianos na altitude de La Paz em 5 de outubro. Cinco dias depois, fechará sua participação nas Eliminatórias diante dos chilenos no Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em São Paulo.

O técnico Tite não quis antecipar nenhum dos nomes da lista
O técnico Tite não quis antecipar nenhum dos nomes da lista

Tite não deu muitos indícios sobre o que esperar da lista que será divulgada amanhã. Na última convocação, havia a expectativa de que o treinador abrisse espaço para novos testes no grupo, mas o técnico chamou apenas o goleiro Cássio e o atacante Luan como novidades.

Em campo, o técnico manteve praticamente seu time titular para as partidas diante de Equador e Colômbia. A exceção foram as entradas de Fernandinho e Roberto Firmino no jogo contra os colombianos - ambos, porém, já haviam sido chamados em outras convocações.

Desde que o Brasil garantiu vaga na Copa, Tite tem insistido que os jogos das Eliminatórias passaram a ser considerados pela comissão técnica já como sendo de Mundial. A intenção do treinador é, segundo suas palavras, "consolidar a equipe". Dentre possíveis novidades amanhã, a mais provável fica para a escolha dos goleiros. Com Alisson, da Roma, praticamente confirmado como titular na Rússia, restam duas vagas em aberto. O técnico tem dito que pelo menos seis goleiros brigam por elas.

Fifa
A Fifa vai apresentar à CBF uma nova proposta de contrato sobre as condições para transferir ao País cerca de US$ 100 milhões (cerca de R$ 311 milhões) que havia prometido como legado da Copa do Mundo de 2014. Hoje, uma delegação da CBF se reunirá com a entidade máxima do futebol em Zurique. Mas a entidade brasileira admite que, apesar do novo contrato, dificilmente o dinheiro sairá neste ano.

O Estado apurou em Zurique que advogados já deixaram claro para interlocutores da CBF que a entidade terá de esperar o processo criminal contra os cartolas do futebol terminar nos Estados Unidos.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários