#TNnoEnem lança primeiro fascículo hoje

Publicação: 2017-08-09 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em menos de três meses, cerca de 6,1 milhões de pessoas em todo  Brasil estarão realizando as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Pensando em auxiliar os candidatos durante a reta final de preparação para o Exame, a TRIBUNA DO NORTE em parceria com o SAS Plataforma de Educação, o CEI Romualdo Galvão e a Uni-RN lança hoje (9) o projeto #TNnoEnem, que vai disponibilizar fascículos, vídeo-aulas, simulados e gabaritos de forma gratuita através de um hotsite no portal da TRIBUNA DO NORTE. Acesse o hotsite especial aqui.
Projeto tenta dar mais opções de estudos aos candidatos na preparação para o Enem 2017. Até novembro, serão lançados 17 fascículos
Projeto tenta dar mais opções de estudos aos candidatos na preparação para o Enem 2017. Até novembro, serão lançados 17 fascículos

Semanalmente, às quartas-feiras de agosto, setembro e outubro, vídeo-aulas com diferentes temáticas abordadas na prova serão divulgadas, juntamente com podcasts contendo comentários que complementam o conteúdo do vídeo. A primeira vídeo-aula terá como tema “Ciências Humanas e suas tecnologias”, área da qual são cobradas 45 questões no Enem. Ao todo, serão lançados 17 fascículos, cada um com 6 questões. A ideia é que conteúdos de qualidade sejam disponibilizados para o maior número possível de pessoas, possibilitando que através de revisões e exercícios, o candidato possa ter um melhor desempenho durante as provas, aliando a capacidade de alcance do jornalismo digital ao interesse público de difundir a educação, como explicou o diretor de redação da TRIBUNA DO NORTE, Carlos Peixoto.

O conteúdo criado para a plataforma digital será exclusivo, interagindo vídeo, áudio e exercícios, para que seja possível dar mais uma opção de estudos aos alunos que vão prestar a prova. Para a diretora pedagógica do CEI Romualdo, Cristine Rosado, o foco na reta final é fundamental. De acordo com ela, a recomendação é que aqueles que tiverem interesse em acessar o conteúdo foquem nas áreas que têm maior domínio para poder fixar melhor os conteúdos, tendo em vista que falta pouco tempo para a realização do Enem e o aprendizado de novos conteúdos. “Nesse momento, recomendo que os alunos foquem naquilo que conhecem, aprender coisas novas nesta reta final pode não ser interessante. Resolver provas anteriores e exercícios pode ser bom”, explicou.

Para tal, os alunos vão poder acessar, à medida em que os fascículos forem lançados, aqueles que sejam mais voltados para seu interesse, como explicou a gerente comercial da TN, Sanzia Costa. “Criamos um hotsite com conteúdo exclusivo, com diferencial para o #TNnoEnem 2017. Buscamos parceiros, o SAS, que hoje é uma das maiores plataformas do Brasil com conteúdos para educação. A ideia é que o estudante possa identificar e buscar conteúdo de qualidade”, disse Sânzia.

Parceira da TN no projeto, a Uni-RN ressalta a importância do Enem como forma de acesso ao nível superior, inclusive para o ingresso na própria Uni, que de acordo com o reitor Daladier Pessoa se apresenta como uma possibilidade para aqueles que buscam, através da educação superior, poder posteriormente adentrar no mercado de trabalho com as habilidades adquiridas. “Os alunos que fazem a prova podem ver a UNI-RN como uma opção de qualidade para fazerem seus estudos superiores e receberem grau acadêmico”, destacou Daladier Pessoa.

Desde 2009, gradativamente, as universidades vêm aderindo ao Exame e ao Sisu, o Sistema de Seleção Unificada que permite que a mobilidade e a escolha de instituições seja mais abrangente. Com o Enem, o estudante não mais necessita viajar até o Rio de Janeiro, por exemplo, para se candidatar à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): basta inserir sua pontuação no Sisu para concorrer à vaga.

A prova aborda ao todo quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias, Linguagens, Códigos e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias. Além disso, também conta com uma redação em forma de texto dissertativo-argumentativo, que corresponde a uma porcentagem da nota.

Neste ano, as provas do Enem deverão ocorrer nos dias 5 e 12 de novembro. A taxa de inscrição para este ano foi de R$ 82,00 e, ao todo, 6.135.418 candidatos encontram-se aptos a participar até a presente data. Além  utilizado para ingressar em universidades públicas através do Sisu, o resultado da prova também pode ser usado para concorrer a bolsas de estudos em universidades privadas através do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e a financiamento também para instituições privadas através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários