Todo porto deveria ter esse tipo de escâner, diz procurador

Publicação: 2020-01-19 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Créditos: Magnus NascimentoFernando Rocha afirma que há indícios de que grupo criminoso tinha experiência no tipo de operaçãoFernando Rocha afirma que há indícios de que grupo criminoso tinha experiência no tipo de operação
Fernando Rocha afirma que há indícios de que grupo criminoso tinha experiência no tipo de operação

Fernando Rocha
Procurador do Ministério Público Federal e coordenador do Núcleo de Combate à Corrupção e Outros Ilícitos

Pela quantidade de cocaína encontrada no Rio Grande do Norte no ano passado, a maioria dela com destino a Europa, pode-se afirmar que o estado se tornou uma das principais rotas do tráfico internacional no Brasil?

O Rio Grande do Norte está se transformando em um pólo de caminho do tráfico internacional de drogas. Por vários motivos, mas os principais é a localização geográfica de Natal, fundamental para o transporte especialmente para a Europa, e pelo Porto de Natal, de certa forma, facilitar essa prática porque nós não temos um escâner. Todo porto deveria ter esse escâner, mas principalmente Natal por se situar em uma localização estratégica. Esse escâner analisa, faz apuração e identificação se nesses grandes contêineres há ou não a presença de drogas. As apreensões feitas no porto estão claramente relacionadas com a deficiência de fiscalização por parte dos órgãos. Claro, a Receita Federal tem adotado suas providências, mas sem um escâner isso se torna muito mais difícil.

O fato de nenhum ser de Natal, nem ter endereços registrados aqui, dá indícios da presença de uma organização criminosa de âmbito nacional?
Não tenho como dizer isso. A prova que temos é que vieram para Natal para traficar. Mas é aí que vem as contradições: quem bancou a vinda deles para cá? Esses [presos] não tinham dinheiro para fazer o que estavam fazendo sozinhos. É muito provável, e isso é óbvio, que tem uma organização por trás. Você vê que não são pessoas abastadas e uma tonelada de cocaína é muito para traficar. Provavelmente, eles fazem parte de uma organização maior e não são líderes. Estão executando uma tarefa. O risco que eles correram foi muito alto porque era muita droga. Se eles correram esse risco, é porque está valendo a pena.





Deixe seu comentário!

Comentários