Três potiguares estão entre os finalistas do Prêmio Jabuti

Publicação: 2018-10-05 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou nesta quinta-feira (dia 4) os finalistas da 60ª edição do Prêmio Jabuti. Entre as obras listadas, pelo menos três tem relações com o Rio Grande do Norte: o romance “Última Hora”, do autor mossoroense radicado em Brasília, José Almeida Júnior – que também é finalista do prêmio SP de Literatura –; “O Maestro, o Cuco e a Lenda", de Wagner Willian, natalense radicado em São Paulo há 30 anos; e o livro de artigos científicos “A abelha jandaíra no passado, no presente e no futuro", publicado pela editora da UFERSA, de Mossoró, e organizado por Vera Lucia Imperatriz Fonseca, professora da instituição.

Obra lançada pela UFERSA foi indicada em categoria científica
Obra lançada pela UFERSA foi indicada em categoria científica

O Prêmio Jabuti tem 18 categorias (eram 29 no ano passado) e laureia apenas o primeiro colocado de cada uma delas. O vencedor de cada categoria recebe R$ 5 mil (eram R$ 3,5 mil em 2017). Concorrem ao prêmio os autores Joca Reiners Terron, Nuno Ramos e Carol Bensimon, na categoria Romance,  Marcelo D'Salete e Rafael Coutinho, em Histórias em Quadrinhos, Maria Valéria Rezende, em Conto, Noemi Jaffe, em Crônica, dentre outros.

Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de entrega do prêmio, na noite do dia 8 de novembro, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo. Na ocasião, o poeta amazonense Thiago de Mello, de 92 anos, será homenageado com o título de Personalidade Literária. A melhor obra, dentre ficção e não ficção, será agraciada com o troféu Livro do Ano, além da premiação no valor de R$ 100 mil.




continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários