Traço ambivalente de Ramiro Barros

Publicação: 2017-08-10 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
De fora pra dentro e de dentro pra fora. É nessa ambivalência de olhares que o pernambucano radicado em Natal Ramiro do Rego Barros desenvolveu a série de desenhos e pinturas que compõe sua primeira exposição individual: “Olhares”. A vernissage acontece nesta quinta-feira (10), a partir das 19h, no Pacific Restaurante (Ponta Negra).

A exposição reúne cerca de 20 obras de dimensões variadas. Os trabalhos são em naquim sobre papel, alguns em preto e branco, outros, coloridos –  todos produzidos entre 2016 e 2017. Os desenhos e pinturas flertam com o surrealismo, revelando figuras em cenários imaginários. A exposição fica em cartaz até o final de setembro.

O artista Ramiro Barros, que também é escritor e procurador: Imagens de duas perspectivas
O artista Ramiro Barros, que também é escritor e procurador: Imagens de duas perspectivas

“Reuni trabalhos com uma ideia temática. As obras mesclam olhares do real sobre o imaginário. Olhares do que vem de fora, com olhares do que vem de dentro. Faço referência a alguns conceitos psicológicos de Carl Jung sobre temas como arquétipos e sombras” , comenta Ramiro, 36 anos, que é autodidata. “Desenho desde criança. Minha avó é artista plástica e me passou várias noções sobre sombra e luz. A partir disso, fui desenvolvendo meu trabalho”.

Ramiro é formado em Direto e vive em Natal há sete anos, onde atua como procurador do município. Em 2016 lançou na cidade o romance “Areópago”, que se passa durante a Revolução Praieira, em Pernambuco. O livro vinha com desenhos de sua autoria para ilustrar o texto. Foi no lançamento do livro que ele expôs pela primeira vez seus desenhos, na época, relacionados a temática do livro. “Agora estou focando só nos desenhos, com mais obras”, afirma.

Serviço
Exposição Olhares, de Ramiro Rego Barros, a partir desta quinta-feira, 19h, no Pacific Restaurante, Ponta Negra (Av Engenheiro Roberto Freire, 4520). Os trabalhos ficam em exposição até 30 de setembro. Peças à venda.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários