Transportes opcionais não vão aumentar preço das passagens

Publicação: 2011-01-21 13:09:00
A+ A-
Júlio Pinheiro - repórter

No dia em que a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Natal confirma o aumento na tarifa dos transportes públicos da cidade de R$ 2,00 para R$ 2,20, o Sindicato dos Transportes Opcionais do Rio Grande do Norte (Sitoparn) garante que não vai majorar a tarifa. A confirmação foi do presidente do Sitoparn, Nivaldo Andrade.

De acordo com o sindicalista, não há motivos para o aumento na tarifa e os 120 veículos que atualmente fazem o transporte opcional em aproximadamente 20 linhas vão manter o preço de R$ 2,00. "Não vimos motivo para o aumento e vamos manter o preço. Isso já está definido", garantiu Nivaldo Andrade.

O secretário da Semob, Marco Antônio dos Santos, disse nesta sexta-feira que achava improvável que a vontade de todos os permissionários do transporte opcional seja manter a tarifa em R$ 2,00, mas que, caso seja confirmado, será melhor para o município. "O secretário sabe do pensamento do pessoal da Semob, mas nós sabemos o que pensam os permissionários", rebateu o presidente do Sitoparn.

Os permissionários do transporte opcional afirmam que o principal objetivo dos profissionais segue sendo a integração dos dois sistemas, o que supostamente não vem sendo tratado com atenção pelo Executivo. Nivaldo Andrade garante que o acordo firmado entre o Sitoparn e a Prefeitura não vem sendo cumprido.

O Sitoparn afirma que não está ferindo nenhuma norma legal com a manutenção da tarifa. "Não tememos nenhum tipo de represália porque estamos fazendo isso dentro dos parâmetros legais. Acho juridicamente improvável que venha a acontecer algo que seja contra nossa decisão", garantiu.

Deixe seu comentário!

Comentários

  • danielmelo1976

    Em virtude dos acontecimentos venho expressar que não e isso que acontece os opcionais não param para os idosos alguns carros estam em más condições e com tudo isso a população e quem está perdendo com a não integração dos dois sistemas o que supostamente não vem sendo cumprido pela prefeitura. Concordo com o presidente do sitoparn em não aumentar a tarifa e que essa situação seja resolvida o mais rapido póssivel. O que osecretario da semob diz não justifica o não cumprimento da integração,o pensamento do pessoal da semob e dos permissionários não esta sendo muito viavel em constar que a população e que vem sofrendo com tudo isso.

  • vandasbmesquita

    A cirurgia da prefeita veio a calhar, assim ela pode alegar que não foi ela a autora do aumento. Vamos recebê-la no aerporto com litros de óleo de peroba. E para o povo que não votou nela eu sugiro recebê-la com um nariz de palhaço quando ela voltar. Aos que votaram só me resta dizer que vai votar mal assim nos quintos do inferno.

  • dremanoelrodrigues

    NATAL É A ÚNICA CAPITAL DO NORDESTE(QUEM SABE ATÉ DO BRASIL!) QUE O SISTEMA DE BILHETAGEM DE TRANSPORTE É ADMINISTRADO POR UM ENTE PRIVADO(SETURN), ONDE NEM O ÓRGÃO GESTOR DO TRANSP. PÚB.(SEMOB) TEM ACESSO AS INFORMAÇÕES SOBRE A QUANTIDADE DE PASSAGEIROS TRANSPORTADOS, E SOBRE A PLANILHA DE CUSTOS. SE O TRANSP.OPCIONAL, MESMO FALIDO, CONSEGUE OPERAR A MAIS DE 6 MESES COM UM CUSTO MENOR(R$1,80) PARA QUEM UTILIZA O SEU CARTÃO(CITYCARD) E AGORA ANUNCIA QUE VAI MANTER O MESMO VALOR APÓS O REAJUSTE NA TARIFA MUNICIPAL, NÃO ESTARIA MAIS DO QUE NA HORA DO PODER PÚBLICO MUNICIPAL PRESTAR ESCLARECIMENTOS AOS USUÁRIOS DO TRANSP. DA CAPITAL.

  • dremanoelrodrigues

    A PREFEITURA ALÉM DE NÃO HONRAR COM O DECRETO QUE PREVÊ A UNIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE BILHETAGEM, AINDA VEM ATRAVÉS DO SECRETÁRIO DA SEMOB FALAR QUE ACHA POUCO PROVÁVEL OS OPCIONAIS MANTEREM UMA TARIFA MENOR, EM RECIFE-SALVADOR-FORTALEZA-ARACAJU-TERESINA, USUÁRIOS UTILIZAM 1 SÓ CARTÃO PARA ÔNIBUS E OPCIONAIS (OU COMPLEMENTARES). SÓ AQUI NO INTERIOR DO MUNDO QUE EXISTE ESTA ABERRAÇÃO. E AINDA QUEREM FAZER UM CARTÃO COM DOIS CHIPS, IMAGINE SÓ O CAOS, SE COM OS DOIS CARTÕES PRÓXIMOS UM DO OUTRO(CITY E NATAL CARD) OU ATÉ UM CARTÃO DE CRÉDITO VC NÃO CONSEGUE PASSAR NA ROLETA.

  • moreiralimag

    É justo que aumentem os valores das tarifas, já que os ônibus terão majoramento no valor das passagens, porém que se observe que os condutores de alternativos, via de regra, são individuos agressivos na condução dos veiculos, e ao lado das motos aterrorizam o trâsito. É urgente uma melhor seleção e fiscalização desses individuos.

  • lucasgomesbz

    O sistema público de transporte natalense é hórrivel, horrivel e mais caro do que já era. Administração muito fraca e que não visa o bem-estar do cidadão. Ridículo