Cookie Consent
Natal
Tribuna do Norte participa de projeto de checagem
Publicado: 00:00:00 - 07/08/2022 Atualizado: 17:39:18 - 06/08/2022
Neste ano, a Tribuna do Norte vai participar de um curso de checagem de fatos em parceria com o projeto Comprova. Ao todo, seis profissionais vão ser capacitados para realizar a checagem das eleições estaduais e favorecer o enfrentamento à desinformação no Rio Grande do Norte a partir de checagens que somem qualidade e relevância. Ainda, a expectativa é que os conhecimentos adquiridos ao longo das capacitações sejam mantidos mesmo com o término do período eleitoral.

O Projeto Comprova reúne jornalistas de 42 veículos de comunicação do Brasil visando descobrir e investigar informações suspeitas sobre o panorama da covid-19, políticas públicas e eleições presidenciais. Anualmente, a iniciativa executa um mapeamento dos veículos que produzem conteúdos de forma independente e apresentam maior alcance e notoriedade em seus locais de atuação. Foi durante esse processo que a TN entrou no radar do projeto, tendo em vista seu destaque na transmissão de informações para a população potiguar, e eles enviaram o convite para a parceria.

O jornalista Everton Dantas, diretor de redação da TN, tem uma visão que vai ao encontro do que acredita Liz Nóbrega. Para ele, todo jornal deveria ter uma equipe de checagem de fatos, dado o atual quadro de proliferação de Fake News, a fim de que o leitor, quando precisar saber sobre determinado assunto, possa consultar um jornal como a tribuna, seja no digital, no impresso, ou na rádio, para ter a checagem. “Nas eleições, o que está em jogo, muitas vezes, por meio de notícias falsas, é a eleição de candidatos que não têm compromisso com a verdade e com os fatos. Isso acaba respingando na forma como essas pessoas vão conduzir o legislativo e o executivo”, alerta.

Assim também pensa o jornalista Jalmir Oliveira, coordenador de Conteúdo na TN e responsável pela equipe de checagem no jornal. Ele esclarece que com a proximidade das eleições, o jornalismo precisa redobrar a atenção às possíveis distorções de fatos e desinformações. “Sem barreiras e com apoio da amplificação das redes sociais, as notícias falsas podem, inclusive, prejudicar o processo eleitoral. O trabalho da Tribuna do Norte será o de unir esforços no combate à disseminação de desinformação durante as eleições deste ano”, complementa.

Atualmente, o trabalho de checagem na TN é realizado sempre que surge um fato ausente de apuração e com grandes repercussões na sociedade. Mas nas eleições, o esperado é que a atividade seja mais intensificada. Conforme aponta Everton Dantas, ainda que um núcleo específico não seja criado para a checagem, o veículo vai ter uma equipe qualificada, assim como acontece em outros veículos que buscam realizar a checagem dentro dos recursos disponíveis.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte