Trilhas que transformam vidas

Publicação: 2017-07-23 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O ônibus ainda vinha longe quando Sebastião Silva já o observava. Quando finalmente estacionou, o adolescente pôde prestar atenção nos detalhes do veículo e dos passageiros que desembarcaram. Havia uma marca composta por quatro letras estampada na lateral daquele ônibus e dele saltaram vinte jovens. Sebastião percebeu que os jovens vestiam camisetas iguais e nelas havia aquela mesma marca de quatro letras: UFRN. Era uma equipe do Programa Trilhas Potiguares que visitava a comunidade de Sítio Santa Cruz, zona rural do município de Vera Cruz, trazendo um pouco do conhecimento adquirido no ambiente acadêmico, com o intuito de proporcionar melhorias à vivência dos moradores.

Sabendo que Sebastião já se destacava nas atividades escolares que exigiam maior sensibilidade à arte, a diretora da escola o indicou para participar de uma oficina trazida pelo Trilhas Potiguares para a comunidade. O garoto seguiu a orientação e a oficina de Jogos Teatrais despertou interesse imediato, pois encontrou semelhanças entre aquela atividade e o Boi de Reis, manifestação cultural presente em Sitio Santa Cruz que.

Depois de alguns dias e muito aprendizado, era chegada a hora da equipe deixar a comunidade e retornar às suas atividades rotineiras. No entanto, uma semente foi plantada na vida de Sebastião marcando a sua história.

“Naquela oficina, eu decidi que o teatro seria o condutor da minha vida, mas eu não sabia como agir, não fazia ideia da existência de um processo seletivo – o então vestibular – que me possibilitaria ser aluno da UFRN e trilhar o meu caminho”, recorda Sebastião Silva.

Buscando tornar seu sonho realidade, o rapaz procurou ajuda junto à secretaria de educação do município para descobrir detalhes sobre como ingressar na UFRN. No processo seletivo de 2011, o menino de Sítio Santa Cruz, foi aprovado no curso de Teatro. Após a graduação, conseguiu aprovação no mestrado em Artes Cênicas. Hoje, Sebastião é professor de teatro da rede estadual de ensino e faz questão de acompanhar o programa

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários