TV: Alunos de Currais Novos mostram talento em Brasília

Publicação: 2010-12-11 00:00:00
A proposta da Rede Potiguar de Televisão Educativa e Cultural já está sendo reconhecida em âmbito nacional como uma experiência exitosa e inovadora. A RPTV de Currais Novos foi selecionada para participar do Observatório de Boas Práticas e Projetos Inovadores em Direitos da Criança e do Adolescente, que aconteceu em Brasília/DF no período de 06 a 08 de dezembro.

Eequipe  da TV Potiguar durante  evento realizado em BrasíliaA experiência de comunicação transformadora desenvolvida em Currais Novos através da RPTV foi inscrita pela coordenação local no processo seletivo. No território nacional foram escolhidas 50 instituições para participar do encontro, que reunirá cerca de 500 pessoas. Entre os participantes estão gestores e adolescentes representantes de boas práticas, organizações internacionais, setores de governo, organizações estratégicas da sociedade civil, universidades e a equipe do Observatório Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Esse evento nacional é estratégico na área da infância e adolescência, e tem por objetivo reunir e compartilhar as principais experiências realizadas, no marco referencial da Agenda Social Criança e Adolescente, desenvolvidas no país no período de 2007 a 2010.

A ideia do evento é formar uma rede de relacionamento com pessoas dos quatro cantos do país, para isso foi projetada uma estrutura em forma de feira com stands e corredores para que os participantes possam realizar rodas de conversa, troca de cartões e informações, intercâmbios e experiências. Também serão realizadas atividades programadas de caráter técnico/temático quer foram organizadas para abrir oportunidades capazes de incrementar as boas práticas e projetos inovadores.

Para representar a Rede Potiguar de Televisão, a coordenadora e comunicadora Ana Paula Ferreira e o jovem comunicador Lázaro Jordão foram escolhidos pela equipe para irem a Brasília apresentar e socializar a proposta audaciosa de Currais Novos, que é realizar um trabalho pioneiro com crianças, adolescentes e jovens, aliando a cultura, educação e comunicação popular.

Na oportunidade os integrantes da RPTV estarão exibindo documentários e reportagens realizadas por adolescentes e jovens das cidades de Currais Novos, Florânia e Nísia Floresta.  

“É muito importante a nossa participação nessa rede. Isso mostra que a proposta da RPTV de articular a educação, a cultura e a comunicação com base no protagonismo de adolescentes e jovens é, sobretudo inovadora”, diz Ana Paula – representante da RPTV Currais Novos.

“O evento é uma oportunidade de mostrar e compartilhar o trabalho realizado através da parceria do Estado com a Sociedade Civil, uma vez que a RPTV é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Educação e Cultura e da Ong Centro de Documentação e Comunicação Popular – CECOP”, diz Raimundo Melo – coordenador geral da RPTV.  

A programação do evento é composta por painéis temáticos, workshops de gestores, oficinas para adolescentes, lançamentos de publicações, atividades culturais, seminários estratégicos, além de um painel internacional sobre os ‘21 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança e do Adolescente na América Latina’, que contará com a participação de representantes do Paraguai, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Bolívia e França, além do Ministro da Secretaria de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi.