TV divulga imagens de jornalista antes de sumir

Publicação: 2018-10-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O canal estatal turco TRT divulgou imagens nesta quarta-feira, 10, do grupo de inteligência saudita que acusa de ter assassinado o jornalista crítico a Riad Jamal Khashoggi, aumentando a pressão sobre a Arábia Saudita e a preocupação internacional com o caso. As imagens mostram movimentações de 15 pessoas ao redor do consulado saudita em Istambul, registradas há uma semana, quando Khashoggi desapareceu.

A Arábia Saudita ainda não se manifestou sobre as imagens, que apesar de não fornecerem prova definitiva do destino do jornalista, foram transmitidas em redes de televisão turcas e ao redor do mundo. Autoridades da Turquia temem que o grupo tenha assassinado Khashoggi, que havia publicado textos críticos sobre o príncipe herdeiro do país, Mohammed bin Salman. O reino saudita rejeita as alegações, classificando-as de "infundadas".

Apesar da negação, o país não ofereceu evidências para fundamentar sua alegação de que o jornalista deixou o consulado ileso e desapareceu na cidade de Istambul, enquanto sua noiva o esperava do lado de fora do prédio.

Políticos nos Estados Unidos, país aliado de Riad, alertaram que qualquer dano causado ao contribuinte do Washington Post colocará em risco as relações entre os americanos e o país saudita, maior exportador de petróleo do mundo.

As imagens transmitidas pela TRT mostram Khashoggi entrando no consulado no dia 2 de outubro. Uma hora e 54 minutos depois, segundo o relógio do próprio vídeo, um veículo Mercedes Vito preto com placas diplomáticas, similar a uma van que estava estacionada do lado de fora do consulado quando o escritor entrou, percorre por 2 quilômetros até a casa do cônsul, onde para dentro de uma garagem.

Apelo
Também nesta quarta, o Washington Post publicou uma coluna assinada pela noiva de Khashoggi, Hatice Cengiz, dizendo que o jornalista visitou o consulado pela primeira vez em 28 de setembro, “apesar de estar um pouco preocupado de que poderia estar em perigo". Ele retornou no dia 2 de outubro para pegar a documentação necessária para se casar com sua noiva.




continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários