Um bom drink não sai de moda

Publicação: 2019-11-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um bom  drink não sai de moda. Tomar o famoso Manhattan - drink favorito de Al Capone - era uma ótima escolha. O Moscow Mule foi hit nos anos 70 e continua até hoje, assim como o hedonismo da década que sempre volta à moda. Quem não tomou Cosmopolitan nos 90? Em tempos de diversidade, a pluralidade chegou ao drink fashionista. Para celebrar os 50 anos da Calvin Klein, a grife montou casa no famoso Highline - considerado um dos templos dos bons drins em São Paulo. E na casa comandada pela celebrada Adriana Pino, a mistura do whisky Jackie Daniels e maracujá animou celebridades ao sabor do "Maracujakie".

Popularizado na série “Sex And The City”, o drink Cosmopolitan é a cara dos anos 90
Popularizado na série “Sex And The City”, o drink Cosmopolitan é a cara dos anos 90

O sabor frutado parece tendência. A cerveja Ludovicus - criada pela Raffe Cervejaria com o sabor de goiaba - foi sensação entre influencers na SPFW e Minas Trend. E , segunda-feira, na reabertura da Arezzo, o efeito frisante voltou a borbulhar entre as potiguares. "O sabor e o aroma são maravilhosos. Além de ser super leve. É ´puro verão", exclamou Herbene Ramalho, fashionista convidada para eventos e festas de grifes internacionais. Como toda moda retorna, a Oito Coquetéis fez releitura do Moscow Muse para Arezzo. A mistura de vodka, capim santo e limão continuam. Mas ao invés da caneca (como dizem ter sido criado por um russo), o drink foi servido em taça de acrílico. Em sintonia com a cartela de cores da moda no verão, o tom rosado do Rubi foi opção para chegada do alto verão.

No revival etílico da moda é impossível não lembrar a atriz Sarah Jéssica Parker se deliciando ao sabor da mistura do suco de crawberry, vodka, cointreau e sudo de limão do Cosmpolitan na icônica série Sex In The City. Celebrizado em NY, o drink foi criado pela bartender Cheryl Crock em Soulth Beach, Miami, nos anos 80. A moda sempre se reinventa.  E na democrática inventividade dos mixologistas e desejo dos notívagos, O Singapore Slim - considerado o mais oitentista dos drinks - traga de volta o festivo do Long Bar, onde o chinês Niagian Tong Boon botou a cereja do drink celebrizado do Hotel Raflles. (Por Augusto Bezerril, colunista de Moda).





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários