Um Livro para quem ama o Seridó

Publicação: 2017-03-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Seridó é uma região interminável de histórias. Sua terra, seu povo, sua cultura, é objeto de inúmeras publicações ano a ano. E quanto mais se pesquisa, mais assunto se encontra para escrever. É mergulhado em histórias e estudos que o advogado e escritor caicoense Fernando Antonio Bezerra desenvolve artigos para publicar na internet. Depois da boa repercussão no ambiente virtual, os textos agora ganham sua versão impressa no livro “Do Seridó Que a Gente Ama”, cujo lançamento acontece nesta quinta-feira (30), a partir das 18h, no Solar Bela Vista (Cidade Alta).
Obra trata personagens e acontecimentos relevantes para a região
Publicado pela Sebo Vermelho, a obra reúne cerca de 40 artigos antigamente publicados pelo autor. O conteúdo vai desde temas amenos como a conversa na calçada de Paizinho Rangel, em Caicó, passando por breves anotações de genealogia, até assuntos históricos, como a morte de Octávio Lamartine, em Acari.

Para a obra, Fernando reuniu os artigos que mais evidenciavam fatos, circunstâncias gerais já estudadas por pesquisadores e algumas reflexões sobre as secas da região. “É um trabalho modesto. Não é uma pesquisa aprofundada. É uma leitura acerca de tais temas que fazem parte do Seridó que vivo ou sobre o qual já li”, explica.

O autor diz ter material para outras duas publicações – o que deve vir em breve. “Não me considero pesquisador, mas um leitor curioso acerca de fatos, pessoas, cenários que fazem a história de minha região”, conta Fernando, que tem especial atenção às pesquisas de genealogia. “Há uma boa tradição em desejarmos conhecer nossos antepassados. A região territorialmente não é tão grande e costumamos ser parentes de muitos. Gostamos do parentesco. É algo que nos aproxima e nos alegra”.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários