Um novo momento para a TRIBUNA DO NORTE

Publicação: 2020-07-12 00:00:00
A+ A-
Ao longo de 70 anos, o nome TRIBUNA DO NORTE se tornou sinônimo de informação e credibilidade no Rio Grande do Norte. Provas maiores disso são os números que hoje o Sistema possui no meio digital e a relevância que o impresso mantém. É uma presença tão forte que grande parte do público consumidor de informação no Estado só acredita que algo realmente aconteceu no RN quando vê publicada a notícia na Tribuna do Norte. A análise de dados de audiência comprova isso. 

Créditos: Alex RégisGerente comercial, Thaíza Andrade; diretor de redação, Everton Dantas; gerente de programação, Erasmo Magno; e o diretor-executivo, Daniel CabralGerente comercial, Thaíza Andrade; diretor de redação, Everton Dantas; gerente de programação, Erasmo Magno; e o diretor-executivo, Daniel Cabral

Agora, mantendo esses dois atributos, o Sistema TRIBUNA DO NORTE entra num novo momento, no qual passará a trabalhar de maneira mais integrada, com relação a todos os canais que possui. E também tendo como foco a integração entre produção de conteúdo, cenário comercial e as demandas da comunidade à qual está inserida. Uma das primeiras mudanças dessa nova fase foi a estreia da rádio Jovem Pan News Natal, frequência 93,5 MHz, que veio ampliar ainda mais o alcance que já possuem o jornal impresso, o portal TN Online e a TV Tribuna, além das redes sociais. 

Outra novidade foi a chegada do diretor-executivo, Daniel Cabral; da nova gerente comercial, Thaíza Andrade; do diretor de redação, Everton Dantas; e do gerente de programação da Jovem Pan News Natal, Erasmo Magno. Daniel Cabral é jornalista com mais de 20 anos de experiência, tendo atuado em TV, internet, rádio e gerência regional de sistema de comunicação. Na visão dele, este é o melhor momento para a TN avançar na missão que se propõe.

“O Sistema TRIBUNA DO NORTE enxergou que era o momento de fazer uma reflexão sobre os novos caminhos, dentro de um furacão que obrigou todo mundo a evoluir nas suas reflexões e até decisões, em um período muito curto, para uma coisa que se esperava que fossem mudanças a médio prazo”, explica. 

Na avaliação do diretor administrativo, Ricardo Alves, “a credibilidade do jornal foi alcançada com muito esforço ao longo do tempo”. E acrescenta: “Um jornalismo audacioso e ao mesmo tempo absolutamente coerente somou-se à presença da Tribuna do Norte nos momentos mais importantes da História do estado nesses 70 anos. Essa presença com posicionamento coerente construiu a força que, hoje, o sistema de comunicação herda do Jornal”.  

O diretor de redação, Everton Dantas, reforça o bom panorama e espaço para crescimento: “As perspectivas são muito boas. Principalmente porque vivemos um momento nacional, no qual as pessoas estão querendo cada vez mais consumir informação. Informação checada, feita por uma equipe de excelentes jornalistas. Informação com credibilidade, algo que a Tribuna construiu ao longo dos seus 70 anos de história”, afirma.

A renovação passa principalmente pela unificação do conteúdo de qualidade produzido por todos os canais do Sistema e também com a área comercial. O entendimento é de que não existe mais futuro da comunicação sem que conteúdo e comercial estejam alinhados e inseridos na vida do público ao qual atendem. “O Sistema TRIBUNA DO NORTE se preocupou em unificar os veículos do grupo sobre dois preceitos: o maior e mais confiável conteúdo, com a oportunidade comercial para os clientes”, ressalta Daniel Cabral.

Créditos: Alex RégisCom 70 anos de história, maior produtor de conteúdo do RN passa a usar sua relevância e alcance de maneira mais integrada, reforçando união do impresso, portal, rádio e redes sociaisCom 70 anos de história, maior produtor de conteúdo do RN passa a usar sua relevância e alcance de maneira mais integrada, reforçando união do impresso, portal, rádio e redes sociais

Digital
Além da unificação conteúdo-comercial, a TRIBUNA DO NORTE encontra na agilidade, outra forma de ampliar ainda mais a participação de um nome já consolidado no mapa  da comunicação no Rio Grande do Norte. “A ideia é fazer com que a gente entregue ao público um ‘menu’, onde ele tem uma notícia entregue com velocidade nos canais digitais, essa mesma notícia muito mais aprofundada no jornal impresso e o rádio fomentando justamente essa unificação, dando a velocidade e o aprofundamento que esta mesma informação precisa ter. O foco principal desse novo momento está muito ligado a isso, a essa sinergia do mesmo conteúdo”, explica o diretor Daniel Cabral.

O gerente de programação da Jovem Pan News, Erasmo Magno, detalha como tem se dado esse fluxo de conteúdo. “Com a chegada da Jovem Pan News, a TRIBUNA DO NORTE ganhou a força do dinamismo, característico próprio do Rádio. Dessa forma, a notícia nasce na matriz do impresso, é atualizada no online com a velocidade digital, se complementa repercutindo no Rádio, levando o ouvinte a consumir integralmente o jornalismo do Sistema Tribuna do Norte”, comenta.

Parceiro do RN
Outra marca importante do novo caminho seguido pelo Sistema TRIBUNA DO NORTE é o reforço do posicionamento desenvolvimentista do grupo, inclusive com a publicação de editoriais, reforçando esse lado. “O Sistema TRIBUNA DO NORTE é parceiro do desenvolvimento no Estado. Então não tem outro caminho para os nossos veículos, que não passe pelo crivo dessa visão. O RN precisa crescer e dar certo e só vai dar certo com cada integrante da sociedade, seja político, empresarial ou de comunicação se posicionando dessa forma. O nosso papel passa pela transformação social, e essa transformação só acontece com o desenvolvimento do nosso estado”, declara Daniel Cabral.
O processo de modernização impõe mudanças. Para isso, o Sistema terá atualização no portal, com a criação de um “hub digital”,  facilitando a experiência do público. Além disso, a TV Tribuna, que hoje conta com mais de 18 mil inscritos no YouTube, terá programação própria, que vai usar os conteúdos feitos para reportagens e também contará com programas e lives semanais, oferecendo conteúdo útil em diferentes áreas. 

Novos produtos, foco em conteúdo
O Sistema TRIBUNA DO NORTE também vai oferecer novidades aos parceiros na área comercial, através de técnicas que alinham os anunciantes ao público alvo, além do uso de novas tecnologias como QR codes e até realidade aumentada. “A gente está fazendo investimento em tecnologia, fazendo investimento na forma de atrair o público. Não só para o nosso conteúdo, mas para atender melhor os nossos clientes. Quando o cliente quer anunciar o produto dele, vamos entregar isso assertivamente. Vamos estudar qual o público dele e vamos entender quem ele quer atingir. O investimento em mídia é o investimento no sonho de dar certo. Nós vamos acertar junto com nossos clientes”, exemplifica o diretor-executivo, Daniel Cabral. 

“O importante para os nossos parceiros é que eles tenham sucesso nos resultados de suas campanhas publicitárias. O Sistema tem todos os meios de comunicação necessários para que eles interajam com todos os públicos possíveis. Nosso Departamento Comercial está preparado para oferecer ao mercado uma excelente estratégia que irá gerar engajamento através de um crossmedia entre as nossas plataformas e o público alvo dos nossos clientes. Essa é a nossa meta”, afirma a nova gerente comercial, Thaíza Andrade.

Liderança atestada em números
Mesmo em um cenário conturbado como o encontrado durante a pandemia do novo coronavírus, o Sistema TRIBUNA DO NORTE segue ampliando a posição de maior produtor e distribuidor de conteúdo do Rio Grande do Norte. Os números evidenciam isso, com recordes de acessos no portal e o crescimento ininterrupto nas redes sociais. Somente no mês de junho, foram mais de 14 milhões de visualizações no Portal TN Online. 

As redes sociais - Twitter, Instagram e Facebook - acumulam cerca de 1 milhão seguidores, além dos 18 mil inscritos no canal da TV Tribuna no YouTube. “O Sistema Tribuna vai sair na frente nessa retomada porque consegue olhar para esse momento e discutir a linha editorial e a política comercial colocando à mesa as áreas de conteúdo, comercial, marketing e tecnologia. O veículo mais tradicional do Estado é o primeiro a ter a visão de modernização na sua forma de construção do conteúdo, usando ferramentas de marketing estratégico, analisando cada passo, para ganhar cada vez mais robustez na relação com o público, leitor e cliente. Inbound marketing, marketing digital e análise com business intelligence são algumas das ferramentas que estamos trabalhando com comercial e conteúdo ”, evidencia Daniel Cabral.