Um novo palco

Publicação: 2010-11-19 00:00:00 | Comentários: 6
A+ A-
Um novo show, uma nova casa. Duas estreias numa mesma noite darão início à programação de espetáculos do aguardado Teatro Riachuelo, no Midway Mall, o palco que promete colocar Natal no roteiro dos grandes shows nacionais – e internacionais também. A cantora paraibana Elba Ramalho fará a apresentação inaugural para o grande público nesta sexta-feira, pontualmente às 21h. Será um debut duplamente especial, já que Elba  lança na ocasião o show comemorativo dos seus 30 anos de carreira, registrados em CD e DVD no Recife.

As cortinas do novo teatro de Natal serão abertas na noite de hojeAs cortinas do novo teatro – já tido como o maior do Nordeste em um shopping center - se abrem a partir de hoje, e todo uma programação cultural já está disponível até o fim do ano para os apreciadores de música e artes em geral. Os refletores prometem não parar mais.

O Teatro Riachuelo foi construído numa área de seis mil metros quadrados do terceiro piso do Midway Mall. O formato é da concepção de palco italiano, ou seja, poderá ser transformado em palco de arena (com mesas e cadeiras avulsas) ou ganhar segundo palco e passarela. A sala de espetáculos comporta até 1.500 pessoas (entre plateia, camarotes, frisas e balcão nobre); se mudar o formato, até 3.800. O palco mede 540 metros quadrados, o equivalente a três do centenário Teatro Alberto Maranhão, postos um ao lado do outro.

A iluminação ficará a cargo de 340 refletores. A boa acústica é garantida por um projeto baseado em estudos avançados, que permite a variação de sons conforme cada tipo de espetáculo. As paredes são duplas, ar condicionado com isolantes, lajes de concreto, portas especiais e acessos por antecâmaras acústicas. o teatro conta com elevadores sociais, plataformas e rampas para deslocamento de portadores de necessidades especiais. O espaço versátil poderá abrigar peças teatrais, shows grandes ou intimistas, desfiles de moda, feiras, feiras, formaturas, tudo poderá ser realizado no novo espaço. O teatro estará funcionando durante os primeiros shows em sistema de ‘soft open’, ou seja, ainda sujeito a ajustes, como um teste para as plateias iniciais.

O novo espaço está sob a operação da Opus Promoções, que atua há 34 anos no mercado de show business e grandes produções. O investimento em conjunto com o grupo Guararapes está orçada em cerca de R$40 milhões. A Opus é uma empresa especializada em administrar teatros em shopping centers. Esse tipo de estabelecimento se caracteriza pelo estilo multiuso, atendendo a diversas necessidades além da cultural e artística. A nova linguagem agrega e proporciona diversas possibilidades.

O show de Elba Ramalho promete ser uma boa amostra do que o novo palco da cidade pode oferecer. Empolgação e produção caprichada são os fortes da apresentação, calcada no  CD e DVD comemorativos aos 30 anos de carreira da artista paraibana. O evento, de ares grandiosos, foi gravado em março deste ano, ao ar livre, no no Marco Zero de Recife (PE). Cem mil pessoas compareceram ao show.

Elba é representante do primeiro grupo de músicos nordestinos que renovaram a MPB a partir do final dos anos 70. O repertório do show representa essa trajetória, reunindo sucessos de várias levas e parcerias. Frevo, forró, xote, maracatu, reggae, afoxé e algo mais comparecem no palco, distribuídos em canções como “Anunciação”, “Banquete de signos”, “Gostoso demais”, “Chão de giz”, “Na base da chinela”, “Qui nem jiló”, “Canta coração”, “Queixa”, “Tropicana”, “Frevo mulher”, “Morena de Angola”, “Pavão misterioso”, entre outros, composições de gente como Zé Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Nando Cordel, Caetano Veloso, Vital Farias, Chico Buarque, e Ednardo. Um rosário de clássicos, para abrir o Teatro Riachuelo com chave de ouro.

Serviço:

Elba Ramalho em lançamento de show de 30 anos. Sexta-feira, às 21h, no Teatro Riachuelo. 3º piso do shopping Midway Mall. Vendas na La Femme Lingerie.

Tel.: 3646-3292. 

ROBERTO CARLOS, ZIZI, TOQUINHO E VERSILLO PARA O PÚBLICO

A agenda para a nova casa está cheia. Próximo dia 26, o palco receberá o carioca Jorge Vercillo, que vai lançar na ocasião o novo trabalho, “D.N.A.”, lançado neste ano. Vercillo se caracteriza por fazer um pop/soul ao estilo carioca, com melodias suaves e grudentas. Seu novo disco tem experimentações com world music. Dia 10 de dezembro, o teatro receberá o rei Roberto Carlos, em show aberto ao grande público (o do dia anterior será fechado). Preços e local de vendas ainda não foram decididos.

Para o dia 11 de dezembro, a cantora Zizi Possi estará no Riachuelo para lançar os DVDs “Cantos & Cantos volumes 1 e 2”. Esse show de lançamento trará Zizi Possi acompanhada pelo quarteto de músicos que realizou o projeto com ela. O show apresentará músicas conhecidas na voz de Zizi (“A paz”, “Asa morena”), e outras ainda inéditas para ela (“Sentado à beira do caminho”). No dia 17/12 será a vez da voz mansa de Toquinho encher palco da casa. Figura chave da música brasileira desde os anos 60 e 70, já compôs parcerias ilustres com Chico Buarque, Jorge Benjor, Vinícius de Morais, e Paulo Vanzolini, entre outros. Sofisticado e ao mesmo tempo acessível e popular, Toquinho tem canções que muita gente sabe cantar de cor e salteado. Um teatro inteiro cantando junto.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • eugenio

    é um teatro ou uma casa de shows? Só estão divulgando shows musicais... Há peças bem interessantes subsidiadas por indústrias - como por exemplo a Petrobrás - nas quais o ingresso é bem acessível. Cito como exemplo as peças \"A Hora e a Vez de Augusto Matraga\" com Jackson Costa, Ernani Moraes e Georgiana Góes, e \"A Serpente\" com Débora Falabella.

  • jair_amil

    Eu acho que o teatro é caro pois uma vez fui ao teatro Miguel Falabela no Norte Shopping (RJ) e paguei R$ 10,00 eu acho, em 2008. A peça tinha atores \"globais\" e o preço era bem popular e isso não era exceção. Mas o investimento do teatro foi realmente alto. Espero q Natal tenha público p/ bancar este teatro. P.S.: no meu primeiro post, ao invés de mais leia-se MAS.

  • amigachel

    Realmente se queremos expandir a cultura na cidade o preço deve ser mais aquecesível a população, pois se não continuará a redoma de sempre! R$ 80,00 é quase o valor de um show internacional em outras cidades do Nordeste (pista). Vale a pena estudarem proposta para todo o público.

  • eng.natal

    \"POBRE\" SO TEM \"DIREITO A LAZER\" PERANTE A CONSTITUIÇÃO... NUNCA VI ALGO CULTURA DIRECIONADO AO POVO MAIS CARENTE.ENGRAÇADO É QUE, ALGUNS, AINDA BRANDAM QUE \"POBRE NÃO TEM CULTURA\". CLARO,NÉ???!!! MAS NESTE CASO, O EMPREENDIMENTO É PRIVADO, COBRAM O QUE QUISEREM. PAGA QUEM PUDER E QUISER(esse preço eu não posso mesmo rsrsrs). VOU JUNTAR MOEDINHA PARA TENTAR CONHECER PRÓXIMO ANO kkkkkkkkk ps. parabéns pela obra, ficou bonita e charmosa.

  • pdxavier

    E\' CLARO QUE O POBRE NÃO INTERESSA. A SOCIEDADE DE NATAL, E\' ALTAMENTE SELETIVA.. NORDESTINO POBRE TEM DOENÇA.., PARA OS RICOS.. SEMPRE ANONIMO, ESCUTO A CLASSE ALTA.., BUFA NATALENSE.. E ELES ME FAZEM RIR, COM SEUS CARROES...ETC.... E EU SOU RICO.. TEATRO, MUSICAIS,CULTURA EM GERAL, E\' COISA DO POVO.. ATE\' EM NOVA YORK, TEM ESPETACULO, MAIS BARATO.... VAMOS PLEITEAR POR PREÇOS MAIS BAIXOS.. CLARO, QUE CLASSE MEDIA E POBRE, NÃO COMBINA COM O TERÇEIRO PISO DO MIDWAY.. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...E EU DOU DOLARES DE GORJETA AOS RICOS NATALENSES.....

  • carlinhos_6209

    Os valores são elevados, mas venhamos e convenhamos, se colocar a preço popular, vocês acham que o teatro vai gastar quanto em manutenção mensal? Tem outro porém, o investimento foi muito alto, realmente o teatro é coisa de primeiro mundo. Sem contar que em show de vários humoristas no Alberto Maranhão é de R$ 60,00 e lota. Então reclamar em pagar R$80,00 num teatro desse porte, é reclamar de \"barriga cheia\". Mas como todo e bom Brasileiro que sou...Vou aguardar um espetáculo ou show mais em conta...rsrsrs