Uma homenagem entre melodias e histórias

Publicação: 2019-10-27 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Simone é considerada uma das grandes intérpretes da MPB há décadas.  A sua voz cantou e tornou clássica as músicas dos mais diversos compositores. Um deles foi Ivan Lins, cuja obra ela canta há mais de 40 anos. Agora, com direção de Zélia Duncan, direção musical de Delia Fischer e cenários e figurinos de Simone Mina, Simone volta a cantar clássicos de Ivan Lins gravados pela cantora nas últimas décadas. O show será apresentado no dia 12 de novembro, no Teatro Riachuelo.

Ligadas desde o início dos anos 1970, quando, em seu álbum de estreia, Simone gravou uma canção de Ivan Lins (“Chegou a hora”), as carreiras desses dois ícones da MPB se cruzaram muitas vezes. No repertório, entre outras pérolas, estão garantidas “Começar de novo”, “Antes que seja tarde”, “Desesperar”, “Velas içadas”,  “Atrevida”, “Bilhete”, “Madalena”, “Novo tempo”,”Aos nossos filhos”, “Vieste”, e “Daquilo que eu sei”.
A cantora Simone apresenta show em que interpreta apenas composições de Ivan Lins, músico do qual gravou muitos clássicos de seu repertório desde a década de 1970 até os dias de hoje. Um tributo em grande estilo
A cantora Simone apresenta show em que interpreta apenas composições de Ivan Lins, músico do qual gravou muitos clássicos de seu repertório desde a década de 1970 até os dias de hoje. Um tributo em grande estilo

Nascida em Salvador, a “baiana da gema" Simone Bittencourt de Oliveira mostrou desde cedo a paixão pela música. Talento que, durante a adolescência e a juventude, dividiu com o basquete - como jogadora profissional, ela foi convocada duas vezes para a seleção brasileira, participando do campeonato mundial em 1971. No ano seguinte, para a sorte da MPB, após uma contusão, ela trocou as quadras pelos estúdios da Odeon, onde gravou seu álbum de estreia, lançado em março de 1973.

O primeiro de uma grande obra, que a consagrou como uma das mais expressivas vozes da canção brasileira e a maior vendedora de discos nos anos 1980.  O grande sucesso da canção "Começar de Novo", tema de abertura do seriado Malu Mulher e uma das primeiras músicas onde se falou sobre a independência feminina na música brasileira, foi registrado pela primeira vez no disco “Pedaços”, em 1979.     

O ano de 1982 foi marcado por grandes recordes de público, como na temporada de nove apresentações no Ginásio do Ibirapuera, em 3 semanas seguidas, com cerca de 15 mil pessoas, por noite, dando um total aproximado de 135 mil pessoas. Em 1989, dez anos depois de conquistar o primeiro disco de ouro, a artista figurava entre os poucos a ainda protagonizar especiais televisivos: Simone - Especial (Rede Globo) apresentou trechos do espetáculo Sedução, em cartaz no Palace (São Paulo); dividiu o palco na tradicional apresentação de final de ano cantando ao lado de Roberto Carlos. Participou também do especial da Rede Globo Cazuza – Uma Prova de Amor.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários