Unimed/Aero é campeão da Superliga C de vôlei masculino

Publicação: 2020-10-18 08:26:00
Um título incontestável, depois de 4 jogos, 4 vitórias e nenhum set perdido. "Nós montamos um grupo forte, treinamos muito, é uma vitória de todo mundo que está envolvido no projeto. Colocamos o vôlei do RN em outro patamar, agora nos vemos muito maiores", comemora Carlos Eduardo Pessoa, técnico do Unimed/Aero.

A conquista, em cima do Vôlei Unip Fortaleza, neste sábado (17), no Ginásio do Sesi, deu ao time potiguar a vaga na Superliga B do ano que vem. "Não foi fácil, tivemos um mês para treinar, arrumar o time, toda hora chegando gente, mas conseguimos unir o grupo e chegar ao objetivo traçado. Agora é respirar e comemorar", diz Breno, oposto da equipe.

Vai ser a primeira vez que um time do Estado chega à Superliga B, resultado de um investimento pesado do Aeroclube e patrocinadores. "Infelizmente o esporte ainda tem pouco incentivo no RN, então é importante ressaltar e agradecer à Unimed e Brisanet, empresas que acreditaram e apoiaram nosso trabalho", destacou o gestor esportivo do Aeroclube, Matheus Moreira.

A final

A decisão começou super equilibrada, sem que nenhum time conseguisse se afastar no placar. Só depois dos 12 pontos, o Unimed/Aero conseguiu abrir uma boa vantagem, que no melhor momento do time no set chegou a 7 pontos. Com bloqueios perfeitos e saques fortes, foi só administrar o placar e vencer por 25x18.

A vitória deu confiança ao time da casa, que no segundo set foi bem em todos os fundamentos, especialmente no ataque. "Durante toda a competição mostramos um ataque forte, consistente. Nosso levantador também distribuiu muito bem as bolas, dando trabalho aos adversários", diz Caio, central da equipe. À frente o tempo inteiro no placar, o Unimed/Aero deixou o adversário desestabilizado. E foi num erro de saque dos cearenses que os potiguares fecharam mais um set, pelo mesmo placar: 25x18.

O terceiro set foi bem apertado. Os cearenses tentaram uma reação e chegaram a passar à frente no placar logo no oitavo ponto. O Aero retornou a vantagem, abrindo até 4 pontos. Mas o Vôlei Unip assustou, chegando a 23x21. Os potiguares empataram, viraram e suaram para vencer pela vantagem mínima de 2 pontos, fechando o set em 27x25.

Essa foi a primeira competição do volei de quadra brasileiro com presença de público desde o início da pandemia. O ginásio do Sesi recebeu cerca de 30% de sua capacidade, e os torcedores tiveram que seguir um rígido protocolo de biossegurança. 

CAMPANHA UNIMED/AERO NA SUPERLIGA C
Fase classificatória
Unimed/Aero 3x0 Nosso Clube/SRV
Unimed/Aero 3x0 Clube do Vôlei Multisports 

Semifinal
Unimed/Aero 3x0 Sport Recife

Final
Unimed/Aero 3x0 Vôlei Unip Fortaleza