Vacinação acaba amanhã

Publicação: 2012-12-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A flexibilização da vacinação não afetará o reconhecimento de Zona Livre de Aftosa, em 2013. A medida serve para atender localidades afetadas pela seca na região Nordeste. De forma excepcional, o Departamento de Saúde Animal (DSA) prevê, para esses municípios nordestinos, a prorrogação da vacinação até amanhã (31), de acordo com a necessidade, ou a suspensão temporária da aplicação da vacina, ficando os Serviços Veterinários Oficiais (SVOs) obrigados a enviarem nova análise da situação para apreciação do DSA até 15 de janeiro de 2013.

Redução
Ainda em vigor a decisão em reduzir os juros do FNE para 2,5% ao ano, nas operações de investimento e giro associado. Com o corte, as taxas que variavam entre 5% e 10% ao ano passaram a ser de 2,94% a.a, podendo chegar a 2,5% anuais para pagamentos em dia. A taxa básica de juros (selic), hoje situa-se em 7,25% ao ano, ou seja, a nova taxa do FNE, após considerado o bônus de adimplência, é quase três vezes menor.

Milho (I)
Em seis anos, o Valor Bruto da Produção (a receita antes da porteira) do milho em 2012 atingiu o patamar recorde de R$ 34,3 bilhões. O resultado é o melhor da história. As informações são da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura.

Milho (II)
Na série histórica, a produção de milho no Brasil saltou de 42,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2005/2006 para 73 milhões de toneladas na temporada 2011/2012, de acordo com a Conab. Para 2013, a perspectiva é que o VBP do grão apresente aumento de 13%, para R$ 39 bilhões. A expectativa é positiva mesmo com a possível queda da produção para 72 milhões de toneladas.

Algodão
O DNA do algodão é decifrado e cultivo poderá ser mais produtivo e resistente, de acordo com pesquisa internacional, que contou com a participação da Embrapa e da UFRJ, ao sequenciar o genoma da espécie comercial da planta, após mais de 10 anos de dedicação. Os resultados foram publicados na revista científica Nature, em um artigo com participação de diversas instituições ao redor do mundo, incluindo a Embrapa e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Com isso, os cientistas esperam melhorar a qualidade do algodão cultivado, tornando-o mais rentável e mais resistente a doenças e condições climáticas severas.

Alterações no crédito
O Conselho Monetário Nacional (CMN) altera a classificação de produtores para obtenção do crédito rural, com o objetivo de harmonizar o MCR com a implantação do Sistema de Operações do Crédito Rural e do Proagro (Sicor), que entrará em vigor terça-feira (1º). A classificação do produtor rural passa a ter três categorias, de acordo com a renda anual na atividade agropecuária: pequeno (até R$ 160 mil), médio (até R$ 800 mil) e grande produtor (renda acima de R$ 800 mil). Além de padronizar os critérios para apuração dos saldos diários das operações, a correção da MCR atualiza os parâmetros para fins de fiscalização das operações rurais pelas instituições financeiras.

1
A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) e a universidade espanhola de San Tiago de Compostela firmam acordo de cooperação científica voltados para os cursos de graduação na área de Agronomia e Engenharia Florestal. A EAJ será representada pela professora de Engenharia Florestal, Rosimeire Cavalcante dos Santos, idealizadora e responsável pelo projeto “Estudo da produção e potencial energético de espécies madeireiras e da eficiência dos fornos utilizados pelo setor ceramista na região do Seridó–RN”. 

2
Os empréstimos pelo Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC), safra 2012/2013, somam R$ 1,2 bi em cinco meses. O resultado é considerado tão expressivo que está próximo dos R$ 1,5 bilhão contratados pelo programa durante toda a safra 2011/12. Entre julho e novembro deste ano, os produtores contrataram R$ 45,8 bilhões, alta de 18,1% sobre igual período de 2011.  O PSI-BK também teve um bom desempenho e somou em cinco meses R$ 3,6 bilhões para a aquisição de máquinas, equipamentos de irrigação e estrutura de armazenagem.

3
Apesar da produção nacional recorde de 32,5 bilhões de litros em 2012, as importações de lácteos (leite em pó, longa vida, queijo e manteiga, entre outros) continuam a crescer e a incomodar o setor produtivo. Segundo a Leite Brasil - associação dos produtores, entraram no país 1,32 bilhão de litros de janeiro a novembro, ante 1,26 bilhão no mesmo período de 2011. Somando-se dezembro, as compras deverão custar US$ 690 milhões em 2012, 13% a mais. As importações, a maior parte delas do Uruguai, são crescentes nos últimos cinco anos.

Sindleite
O novo presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados (Sindleite RN), para o mandato de 2013 a 2016, é o empresário Dalton Cunha Filho. Ele é produtor de leite na região de Apodi e já foi presidente do Sindicato.

Anuário
Foi lançada a terceira edição do Anuário Leite em Números, elaborado pela Leite & Negócios Consultoria. Por outro lado, a oferta crescerá menos em 2013, após um ano de margens apertadas, em razão de custos de produção mais altos.

Mensagem
Um agradecimento aos empresários do campo no RN pelo apoio recebido ao longo dos anos. Que 2013 traga uma grata surpresa, a de boas chuvas.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários