Vadão fala dos planos para 2018

Publicação: 2018-01-03 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Se 2017 foi de observação e jogos amistosos contra diferentes escolas do futebol para a Seleção Brasileira Feminina, 2018 é o ano da Copa América, competição que definirá o calendário dos próximos quatro anos. Pela primeira vez o campeonato será disputado em data FIFA, de 4 a 22 de abril, no Chile, o que significa que o técnico Vadão poderá também contar com as jogadoras que atuam foram do Brasil.

Seleção inicia treinos em janeiro sem as atletas que atuam fora
Seleção inicia treinos em janeiro sem as atletas que atuam fora

A Seleção Brasileira é a maior campeã da competição: em sete edições, venceu seis (1991, 1995, 1998, 2003, 2010 e 2014) – a Argentina ficou com o título em 2006. Apesar da tradição em títulos, o treinador e sua comissão técnica tenta afastar de suas atletas qualquer pensamento de favoritismo para que isso não atrapalhe o trabalho até a Copa América e durante a disputa.

“Não podemos achar que só porque vencemos algumas vezes, seremos campeões. Todas as seleções têm trabalhado e evoluído. Não podemos repetir o mesmo erro de grandes seleções masculinas, por exemplo, que não conseguiram se classificar para a Copa do Mundo”, analisou.

Para chegar preparada à Copa América, a Seleção iniciará os treinamentos já em janeiro, na Granja Comary. Inicialmente será um grupo, composto por jogadoras que atuam em clubes brasileiros e outras em times internacionais, que a temporada ainda não tenha começado. Nas datas FIFA até a competição – 15 a 23 de janeiro e 26 de fevereiro a 7 de março –, as atletas que não jogam no Brasil serão convocadas para treinamentos, ao lado das que jogam no país.

A etapa de treinamento visando à competição oficial se inicia dia 10 de janeiro na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários