Velha de guerra

Publicação: 2014-10-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A mecânica que envolve a televisão é bastante comum para Marcela Barrozo. Na tevê desde 2002, quando participou de “Sabor da Paixão”, a atriz de 22 anos ainda sente insegurança na hora de enfrentar os testes para integrar o elenco das mais diversas produções. Escalada para “Moisés e Os Dez Mandamentos”, Marcela volta a trabalhar com o diretor Alexandre Avancini e a autora Vivian de Oliveira. “Antes do testes, eu quase morri do coração. Queria muito estar nesse trabalho. É uma grande produção e a equipe é sensacional”, explica ela, que dará vida a Betânia. Esta será a segunda trama bíblica de Marcela. Em 2013, ela participou de “José do Egito”, onde interpretou a Diná na fase jovem. Apesar de estar acostumada com a temática, a atriz acredita que a fase de preparação para a personagem será um recomeço. ‘’Não acho que o trabalho vá ficar mais fácil. É outra história e outro tempo. Sempre vou encontrar uma nova dificuldade”, afirma ela, que pretende usar algumas referências de seu primeiro trabalho. “É sempre bom ter uma base de referências. Mas só vou saber quando começarem os laboratórios e as leituras de texto”, aponta.

Reconhecidos
A Globo concorre ao 42º Emmy Internacional em três categorias. ‘’Joia Rara’’, novela de Telma Guedes e Duca Rachid, disputa o prêmio por ‘’Melhor Novela’’, enquanto ‘’A Mulher do Prefeito’’, seriado protagonizado por Tony Ramos e Denise Fraga, concorre na categoria ‘’Comédia’’.  ‘’Alexandre e Outros Heróis’’, especial de fim de ano do diretor Luiz Fernando Carvalho, é finalista na categoria “Telefilme/Minissérie’’.Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia de gala, que será realizada no dia 24 de novembro, em Nova Iorque. 

Tudo azul
Assim como boa parte da temática de “Alto Astral’’, o figurino da próxima novela das sete será marcado por cores “clean” e simplicidade. Com assinatura de Beth Filipeck, as roupas dos personagens terão a cor azul como elemento de ligação. Além disso, apesar de se tratar de uma trama atual, os anos 1950 aparecem como a representação da delicadeza, do sonho e também da tradição. “A década de 1950 aparece no nível do feminino, dos movimentos circulares das saias rodadas, dos vestidos. A espiral da vida e da morte é circular e não vertical, reto’’, explica a figurinista.

Passaporte carimbado
O futuro de Zeca Camargo no “Vídeo Show” ainda é incerto. Com as novas reformulações do programa, o jornalista deverá ganhar um quadro de viagens. Além disso, o apresentador também irá se envolver mais com o trabalho editorial nos bastidores da produção vespertina.
 
Pelos quatro cantos
Revelada na antiga MTV,  Titi Müller estreia em novembro o programa “Anota Aí”, do Multishow.
Na produção, a apresentadora faz uma “volta ao mundo em 40 dias”, passando por 11 cidades, incluindo Roma, Istambul, Paris, Berlim entre outras. Cada episódio temático traz listas de dicas ao redor do planeta.

Foi bem
Os convidados do “Como Será?”, comandado por Sandra Annenberg. A produção apresenta pessoas com diversos projetos interessantes e diferenciados.

Foi mal  
O bobo quadro ‘The Vodka Brasil”, do “Pânico na Band’’. Não há sentido embebedar o elenco do programa.
É apenas mais uma apelação de baixo nível do humorístico em busca de sua audiência perdida.

Werner Schunemann está cotado para integrar o elenco de “Lady Marizete”, novela de Alcides Nogueira e Mário Teixeira. O folhetim das sete tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2015.

Errata:
Diferentemente do que foi divulgado na nota ‘’Olhos de Lince’’, da edição de 10 de outubro de 2014 de Canal Zap, a série “Felizes Para Sempre’’ é da Globo com produção da O2 Filmes.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários