Versos à solta

Publicação: 2020-10-03 00:00:00
Alex Medeiros 
alexmedeiros1959@gmail.com

Passei a régua do olhar nas papeladas do passado e nos arquivos virtuais do presente e aí colhí alguns poemas, de antanho e de agora, cometidos entre muitos goles de cerveja, alguns tragos de charuto, em papos noturnos ou confrarias diurnas, noutras vezes sozinho diante TV debulhando mensagens de zap zap ou trocando palavras no Twitter, no Facebook, no Instagram e, por que não?, numa silenciosa ligação telefônica nos moldes de bem antigamente. 

Poema em manchete
Quando caminhava
displicentemente
em direção ao ponto de ônibus
a menina bela
de olhar pensativo
deparou-se com o poeta
de repente
não mais que de repente
ser tempo sequer
para um sorriso
a menina dos olhos de mar
foi taxada de musa
e recebeu um poema
à queima-roupa
ficando prostrada
em decúbito pensante
o poeta se foi
e escapou do flagrante (1982)

Por do Sol com Angústia 
Agora
eu só tenho esse par de olhos
que se perde, se fecha
além das serras de Belo Horizonte
um último cigarro que queima
e a voz de Elis solta na sala fria
na mente
as confusões naturais
de um garoto qualquer
a tua imagem querida
numa estrada ferida
sem garantia de volta (1983)

Quarta da Paixão
Na tua ausência
sou como um cristo
dou um suspiro
e quase grito
mas quando voltas
após três dias
fico feliz 
e ressuscito (1989)

Sexta da Paixão
Era uma distante lua
era uma lua sozinha
era uma saudade tua
era uma lembrança minha (2016)

Mimimi
O perfil de direita que votou há dois anos em ator pornô, jornalista histriônica, militar inculto, evangélico picareta, católico brocoió e comerciante oportunista, agora critica a escolha de Jair Bolsonaro por um desembargador de retidão. 

Justiça
Um conservador deve concordar com a americana Amy Coney Barrett “Juízes devem aplicar a Lei como está escrita. Juízes não são formuladores de política e devem ser firmes e deixar de lado qualquer visão política que possam ter”.

Coletivistas
Aos 95 anos, o filósofo francês Jean-Pierre Faye segue influente desde os anos 1960. É dele a frase “os extremos se atraem”. Lembrei dele vendo as candidaturas coletivas do PSOL e as patrulhas bolsonaristas a Jair Bolsonaro.

Fanatismo
O UOL registrou que na Justiça Eleitoral foram registrados 200 candidatos que anexaram o nome de Lula aos seus, e 91 fizeram o mesmo com o nome de Bolsonaro. Pelo menos na militância, o fanatismo petista ainda é o dobro.

Povo sofre
Que terrível deve ter sido a noite de quinta da maioria dos brasileiros restrita aos canais de TV aberta. Debate na Band, A Fazenda na Record, um tal Bom Doutor na Globo e no SBT a reprise da Praça é Nossa de duas décadas atrás.

Bate-boca
Um momento tenso no debate em Natal foi quando Fernando Pinto e Kelps Lima trocaram acusações, atribuindo crimes um ao outro. O deputado disse que o advogado é processado, este rebateu: “você é a hiena, o leão sou eu”.

Algemas
Sergio Leocádio mostrou algemas que seriam para o prefeito Álvaro Dias, ausente do debate. Chamou de corrupto, que tinha um crime de peculato e pedindo o voto no 17 como foi com Bolsonaro, gritou “agora é o delegado”.

Filmetes
A campanha de Álvaro Dias soltou na mesma noite do debate filmes nas redes sociais anunciando debates semanais do prefeito com a comunidade. A estratégia aposta numa provável audiência das redes maior do que a da TV.

Live ANL 
A Academia Norte-rio-grandense de Letras realiza na segunda-feira, 17h, via o canal Direito e Cultura no YouTube, uma live com Diógenes da Cunha Lima, Dix-Sept Sobrinho e Benedito Vasconcelos, em culto ao centenário de Vingt-Un Rosado.









Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.