Visão do “chef”

Publicação: 2019-08-23 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Olivier Anquier é bastante sensível aos desejos dos telespectadores. Jurado da atual temporada do “Bake OFF Brasil – Mão na Massa”, do SBT, o “chef” pensa constantemente o que poderá agradar ao público de casa. “Sempre me coloco no lugar do telespectador. O ‘Bake OFF’ é um produto elegante e que tem um cuidado ao ser feito. O relacionamento entre os jurados e a apresentadora, por exemplo, é muito sincero. Acho que tudo isso contribui para o sucesso do programa. É um produto que eu gostaria de assistir por esses motivos. Me ponho do outro lado”, avalia.

Olivier Anquier é jurado no programa de culinária
Olivier Anquier é jurado no programa de culinária

Olivier está em sua segunda temporada na produção. Diferentemente do ano passado, o jurado acredita que os participantes atuais estejam mais preparados. “Os concorrentes deste ano trazem propostas mais interessantes de confeitaria. Acho que há uma bagagem mais consistente. Isso é bom porque gera mais conteúdo para o público e abre o leque da confeitaria”, explica Olivier, que divide a função de jurado com Beca Milano. “Quando estamos avaliando os candidatos, a gente conversa bastante. Seguimos requistos muito justos e claros. Geralmente, nossos pontos de vista são muito parecidos”, completa. O “Bake OFF Brasil – Mão na Massa” é apresentado por Nadja Haddad e tem a direção de Marcelo Kestenbaum.

Passado próximo
São Paulo será o principal cenário da trama de “Éramos Seis”, próxima novela das seis. Além da capital, a equipe também realizou sequências em Santos e Campinas, onde foram gravadas cenas na praia e em uma estação de trem, respectivamente. “Essas externas onde são recriados ambientes do passado são importantes para que equipe e elenco entrem em sintonia com a trama. Em cada um dos lugares por onde passamos havia elementos que remetiam àquele contexto, como uma casa construída em 1922 e um trem Maria Fumaça”, explica Carlos Araújo, que assina a direção artística. O folhetim tem estreia prevista para 1º de outubro.

Ainda no vídeo
O “Masterchef Brasil” exibe sua grande final no próximo domingo, dia 25. Porém, Erick Jacquin não sairá do ar. A partir do dia 27, o “chef” estreia à frente da nova temporada de “Pesadelo na Cozinha”. Na produção, Jacquin vai salvar sete restaurantes que estão à beira da falência, encontrando as falhas e as possíveis soluções para que os empreendimentos voltem a dar lucro. O jurado do “Masterchef” já sofreu na pele as mesmas dificuldades enfrentadas pelos restaurantes do “Pesadelo na Cozinha”. Entre 2006 e 2014, ele comandou o restaurante francês La Brasserie Erick Jacquin, em São Paulo, que acabou fechado por problemas financeiros. E, em breve, o “chef” vai inaugurar o Président, seu novo empreendimento. “É muito difícil dar conselhos para os outros, mas para abrir um restaurante é preciso ter coragem. Você vai trabalhar no sábado e no domingo, enquanto os outros estão descansando. Tem de estar todo dia presente no restaurante, ter controle. Tem de confiar, ser duro e, ao mesmo tempo, respeitar a equipe, mas sempre deixando claro quem é o patrão”, aponta Jacquin.

Foi bem
Para o desempenho de Fabiula Nascimento em “Bom Sucesso”. Na pele da sóbria Nana, ela se afasta dos tipos exagerados e cômicos que fazia na tevê. É bom ver a atriz em uma personagem diferente.

Foi mal  
Para a nova temporada de “Anitta Entrou no Grupo”, do Multishow. A produção não tem conteúdo e é uma confusão e gritaria do começo ao fim.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários