Volume de chuvas em fevereiro no RN foi 31% maior que esperado, diz Emparn

Publicação: 2019-03-15 14:31:00 | Comentários: 0
A+ A-
As fortes chuvas ocorridas durante o mês de fevereiro ultrapassaram a expectativa pluviométrica para o mês. A informação é da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), que monitora as chuvas diariamente e identificou que o volume registrado no mês passado foi 31,8% maior do que o esperado para o período.

Análise da Emparn mostra que a intensidade de chuvas deve continuar, mas como uma maior distribuição entre as cidades

De acordo com a Emparn ,as chuvas ocorridas no mês passado aconteceram devido a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCANS), juntamente com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Por conta dos fenômenos, foi identificada uma melhor distribuição espacial e temporal das chuvas em relação à janeiro, quando as chuvas nas regiões Leste e Agreste não acompanharam os índices das outras regiões do RN.

Para os próximos dias, de acordo com a Emparn, a previsão é de mais chuva em todo o Nordeste do país, com previsão de que ocorram chuvas acumuladas que superem os 200 milímetros para os próximos quinze dias.


Mesorregião

Chuva Obs. Fev/19 (mm)

Chuva Esperada Fev (mm)

Desvio Obs.  (%)

Oeste

116,2

116,5

-0,2

Central

105,2

93,3

12,8

Agreste

116,4

69,6

67,2

Leste

136,1

92,2

47,6

Estado

118,5

92,9

31,8


Volume de chuvas

O balanço pluviométrico diário divulgado pela Emparn registrou, entre as 7h da quinta, 14, e sexta-feira, 15, chuvas em 66 dos 177 pontos espalhados pelo estado. 86 pontos não tiveram contato com a Emparn e outros 25 não registraram nenhuma precipitação.

O principal foco de chuva em todo o RN, segundo a empresa, foi em Timbaúba dos Batistas, cidade do Seridó potiguar distante 282 quilômetros da capital, onde choveu 77,5 milímetros no período. O Oeste potiguar, com 37 registros de precipitação, foi a região do RN que teve mais pontos de chuvas identificados pela Emparn, sendo Ipanguaçu o município com maior precipitação registrada (49 milímetros). Situação diferente foi notada no Leste potiguar, região com apenas quatro pontos de chuvas registrado, menor número do Estado.







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários