Volume no Nordeste é estimado em 500 barris

Publicação: 2019-10-10 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O volume de petróleo no litoral nordestino é estimado em 133 toneladas, ou 500 barris, segundo o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Essa quantidade praticamente descarta que se trata de uma lavagem de um tanque de navio. “Alguma coisa extraordinária aconteceu, que não sabemos o que é, nem cabe à Petrobras a investigação. Temos outros órgãos, PF, Marinha, que têm essas atribuições”, afirmou o presidente nesta terça-feira (8).

O Ministério Público Federal solicitou também nesta terça-feira ao Ibama detalhes sobre o volume recolhido em cada estado atingido, mas essa resposta não foi enviada até o fechamento desta reportagem.

As amostras recolhidas pela estatal também indica que o material é semelhante ao petróleo produzido na Venezuela. Essa análise também foi feita pela Petrobras, que comparou marcadores biológicos com os registrados em uma base de dados.

Investigação
Entre as hipóteses da investigação, estão naufrágio de um navio ou derramamento acidental de petróleo cru. As possibilidades de um vazamento de petróleo do subsolo ou lavagem de tanque em navios é remota, segundo a Marinha.

A Marinha também informou que conta com cinco navios e uma aeronave para patrulhar a região em busca das causas do vazamento. O esforço também conta com embarcações e viaturas das capitanias dos portos.

Na última terça-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro declarou que a presença de 140 navios-tanque foram identificados durante o mês de agosto na área analisada. Quem tem carga de característica compartível com petróleo cru foi notificado para prestar esclarecimento, segundo o jornal Folha de S. Paulo.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários