CERES/Caicó modifica realidade da educação superior no Seridó

2018-07-01 00:00:00
A+ A-

Filha de um caminhoneiro e uma dona de casa, Sandra Kelly não teria condições de de se formar num curso superior se não fosse a interiorização do ensino. Se não fosse a chegada do CERES, em Caicó, na década de 70, sua realidade hoje poderia ser diferente. A ex-aluna se transformou na diretora da unidade.

Outros vídeos